Facebook dedura Eduardo Bolsonaro ligando seu “Gabinete do Ódio” a ataques nas redes

04/03/2020 0 Por Redação Urbs Magna

Eduardo Bolsonaro pode ser o comandante de uma rede de ataques virtuais na web, após a constatação de que um computador localizado em seu gabinete criou a página “Bolsofeios”, acusada de estímular ódio contra adversários políticos além de publicar mensagens pró-Bolsonaro, segundo dados revelados nesta quarta (4) pela rede social Facebook à Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) das Fake News no Congresso.

O registro da página ocorreu a partir de telefone do secretário parlamentar de Zero Três, Eduardo Guimarães, cujo e-mail de registro é “eduardo.gabinetesp@gmail.com.

Tudo foi descoberto após pedido de quebra de sigilo de contas no Instagram feito pela comissão, com base em acusação de Joice Hasselmann em depoimento no ano passado à CPMI em que a deputada apresentou um grupo secreto que reunia páginas ligadas ao “gabinete do ódio”, de onde partiam ataques a “inimigos” do clã, por exemplo, ao Supremo Tribunal Federal (STF), o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) e outros membros do Congresso Nacional. 

O que falta para a Justiça do Brasil derrubar este clã criminoso, após tantas evidências que não parar de surgir dia após dia?“, perguntam os verdadeiros “cidadãos de bem“, que não são os bolsonaristas, indignados com o rumo tomado pelo país.

Comente com o Face ou utilize a outra seção abaixo. Os comentários são de responsabilidade do autor e não têm vínculo com a publicação. Mantenha um bom nível de discussão, do contrário reservamo-nos o direito de banir seus perfis.