Empresários bolsonaristas jantam com LULA e dono da Riachuelo diz que ele pode “contar com seu apoio”

Unanimemente, eles reconheceram que chances do ocupante do Planalto na eleição são mínimas e que o ex-presidente ganha no 1º ou no 2º turno

Empresários que apoiam o presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), se reuniram com LULA na noite desta teça-feira (27/9) e disseram ao ex-presidente que é ele quem vai ganhar a eleição de outubro, seja no primeiro ou no segundo turno. Mesmo sendo “próximos a Bolsonaro“, eles “reconheciam“, por unanimidade, “que as chances do atual presidente da República no pleito são mínimas“, escreve Malu Gaspar, no Globo.

Todos os presentes no jantar disseram que “se Lula vai ganhar a eleição, melhor estabelecer logo um canal com ele“, disse a jornalista, que em seguida reproduziu uma das falas de um participante: “Vim aqui para fazer a ponte com Lula“. Este mesmo empresário que defendeu o ex-presidente também afirmou: “nunca fui bolsonarista“.

Um dos exemplos de vira voto citados por Gaspar foi o “aceno positivo a Lula” de “Flávio Rocha, da Riachuelo. Ao cumprimentá-lo após sua fala, o empresário disse” a LULA “que, se ele fizesse tudo o que havia prometido, podia contar com seu apoio“. Para a jornalista, “ninguém vai dizer ainda que já abandonou o barco de Bolsonaro.

Mais de 100 pessoas, entre empresários e assessores de Lula, estiveram no seu apartamento na noite de ontem“, revela Malu Gaspar.

Siga Urbs Magna no Google Notícias
      Comente

      Comente

      Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.