Empresário que convocou atiradores para impedir diplomação e posse de Lula responderá na Justiça (vídeo)

“Já foi identificado”, diz Gleisi Hoffmann. “Não podemos dar trégua pro terrorismo”, afirmou sobre Milton Baldin, da cidade de Juruena (MT)

O bolsonarista que, na cidade de Juruena (MT), pediu que fosse gravado um vídeo em que faz convocação a atiradores, no sábado (26/11), em um acampamento instalado por manifestantes golpistas em frente ao Quartel General de Brasília (DF), já foi indentificado e responderá na Justiça, afirma a deputada federal reeleita e presidente do Partido dos Trabalhadores, Gleisi Hoffmann, em seu perfil no Twitter.

Nas imagens, ele não fez referência direta ao presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT), nem mesmo à diplomação, mas convocou o agronegócio e todos os empresários a darem férias a caminhoneiros e os enviarem a Brasília, dizendo que “são só quinze dias, não vai fazer diferença”.

Em outro trecho do discurso, o empresário faz referência ao dia 19, sendo que a diplomação dos candidatos eleitos em 2022 será no dia 19 de dezembro deste ano.

Se nós perdermos essa batalha, o que vocês acham que vai acontecer no dia 19? Vamos entregar as armas e aí vão dizer: ’perdeu, mané’. E como vamos defender nossa propriedade e a nossa família?“, questiona o empresário.

Ele também convocou os colecionadores, atiradores desportivos e caçadores (CACs) e todos que têm armas legais a Brasília, citando o número de 900 mil atiradores que ele afirma existirem no país.

Interagindo com um homem vestido com um uniforme camuflado, a quem chama de “major” no vídeo, Milton Baldin diz que só sairá de Brasília junto com ele, pois “essa batalha é nossa”. Segurando uma bandeira do Brasil, ele diz: “Essa bandeira, ela até pode ser vermelha, mas com meu próprio sangue“.

Deus, tende misericórdia da nação brasileira“, disse o empresário, que segundo Gleisi, “já foi identificado e irá responder na Justiça. Não podemos dar trégua pro terrorismo.

Veja abaixo e relebre o vídeo, a seguir:

Comente

4 comentários em “Empresário que convocou atiradores para impedir diplomação e posse de Lula responderá na Justiça (vídeo)”

  1. Que absurdo! Ele não vi ele
    Falar venha com as armas. Ele convocou as pessoas que são CACS a comparecerem que são são mais de 900mil atiradores registrados. Para que ajuntassem a eles e fazer grande movimento, porque se eles perderem a batalha seriam desarmados e como defenderiam as suas propriedades? Não vi nada de
    Mais.

  2. VICENTE RUIZ LOPES

    Onde está a polícia? O cara chama 900 mil atiradores para matar Lula e começar definitivamente declarando uma guerra civil porque não vamos permitir que isso aconteça, a militância petista está convocando 150 mil padres e freiras que os destruirão. Calcula-se que ao todo chegará a 3 milhões para defender o Lula

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.