Em nota, personalidades de esquerda pedem a saída de Moro, que fingiu imparcialidade na Lava Jato

19/06/2019 0 Por Redação Urbs Magna

Documento deve ser divulgado esta semana

O grupo formado pelos ex-presidenciáveis Guilherme Boulos (PSOL) e Fernando Haddad (PT) — para formar um bloco de oposição contra o governo Bolsonaro — vai divulgar uma nota ainda esta semana pedindo que Sergio Moro se afaste do cargo de ministro da Justiça. A informação é de Athos Moura, na colula de lauro Jardim no jornal O Globo

O texto, que ainda está em fase de elaboração, trata, especificamente, das conversas vazadas entre Moro e os procuradores da Lava-Jato. O grupo também defende que o CNMP continue com a investigação contra Deltan Dallagnol.

Também assinam a nota Flávio Dino, governador do Maranhão; Ricardo Coutinho, ex-governador da Paraíba; Roberto Requião, ex-senador; e Sonia Guajajara, vice na chapa de Boulos no ano passado.

via O Globo / Portal Vermelho

Comente