Em mensagem golpista, Mourão fala em democracia e direita combatendo a esquerda revolucionária

O general diz nas redes sociais que é preciso “restabelecer o Estado Democrático de Direito no Brasil” e ataca o TSE

O vice-presidente e senador eleito pelo Rio Grande do Sul, general Hamilton Mourão, publicou nesta quinta-feira (24/11), no Twitter, duas notas em que cita a decisão do presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Alexandre de Moraes, em resposta ao questionamento do PL às urnas eletrônicas e chama de “absurda” a multa de 22,9 milhões de reais imposta pelo ministro.

O militar também convoca a “direita conservadora” para combater “a esquerda revolucionária“, o que foi interpretado por algumas mídias como o desejo de um golpe. De forma diteta, Mourão diz que Moraes feriu de morte o Pacto Federativo, quando posou para uma foto ao lado de comandantes da Polícia Militar, na quarta-feira (23/11), o que segundo o vice-presidente materializaria “o ápice do autoritarismo“.

O general, que é filiado ao Republicanos, vai na contramão da postura do seu partido em relação ao questionamento do PL às urnas eletrônicas. Mais cedo, o presidente da legenda, Marcos Pereira, disse não tem “nada a ver com isso“. Ele afirmou que recorreria contra a multa aplicada por Moraes ao seu partido, ao PL e ao PP.

Leia a carta de Mourão na íntegra, conforme publicada no Twitter:

“Vive-se hoje, nacionalmente, uma polêmica justificada em função da questão da confiabilidade das urnas eletrônicas e das ações contundentes e exacerbadas do TSE. O recente recurso do PL, protocolado mais de 20 dias depois da proclamação oficial dos resultados das eleições, não dá ao TSE o direito de rejeitá-lo peremptoriamente e extrapolar, mais uma vez, por intermédio de multa absurda e inclusão dos demandantes do inquérito notadamente ilegal. 

Supressão discricionária do direito de recorrer e sanções desproporcionais configuram vingança, tudo o que o país não precisa neste momento. 

Some-se a este estado de coisas a foto do Presidente do TSE ladeado por alguns Comandantes da PM, materializando o ápice do autoritarismo e ferindo de morte o Pacto federativo. 

Hoje, rumamos para um precipício. Assim, é chegada a hora da direita conservadora se organizar para combater a esquerda revolucionária. Necessário é reagir com firmeza, prudência e conhecimento; dentro dos ditames democráticos e constitucionais, para restabelecer o Estado Democrático de Direito no Brasil”.

Comente

1 comentário em “Em mensagem golpista, Mourão fala em democracia e direita combatendo a esquerda revolucionária”

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.