Eduardo Bolsonaro é ‘elo crucial para o círculo íntimo de Trump’, diz o Financial Times deste domingo

Para o jornal londrino, o ’03’ cresceu e é visto como uma ponte com a extrema direita americana

Neste domingo (31/7), o diário londrino internacional, de ênfase especial em negócios e notícias econômicas, Financial Times, traz reportagem em cujo título se lê que Eduardo Bolsonaro é ‘elo crucial para o círculo íntimo de Trump‘, sendo o ’03’, terceiro filho de Jair Bolsonaro, apresentado pela mídia como uma ponte com a extrema direita americana.

Eduardo parece simpático e cortês, mas nem sempre seus comentários são caridosos”, descreve o jornal, que explorou discursos do deputado federal contra o STF (Supremo Tribunal Federal),

O parlamentar teve transcritas no FT falas como a que ataca ministros ao dizer que estão “lutando” com seu pai interferindo “o tempo todo” a favor de LULA, que na verdade é o líder das pesquisas de intenções de voto para a eleição presidencial de outubro.

Em um dos trechos destas argumentações na publicação, o parlamentar diz que “nas ditaduras fecham a imprensa, prendem jornalistas, exilam pessoas, prendem presidentes de partidos”.

O Financial Times cita opinião do executivo americano, Gerald Brant, para quem Eduardo Bolsonaro “tem um dom único para canalizar o movimento conservador americano, com um toque brasileiro”. 

A mídia inglesa também menciona um pensamento semelhante do ex-embaixador Thomas Shannon: O filho do presidente do Brasil “olhou bem de perto o 6 de Janeiro [data da invasão do Capitólio nos EUA] e aprendeu a lição de que Bolsonaro precisa das Forças Armadas“. 

Por fim, o jornal londrino observa que “Eduardo se esquiva de perguntas sobre o que ele e seu pai podem fazer se o sistema de votação não for alterado e Jair perder a eleição“:

Acho que vão melhorar [o processo eleitoral]. Todo o resto é futurologia… não sei se [nossos seguidores] vão às ruas“, diz ’03’.

Siga Urbs Magna no Google Notícias

Comente

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.