E agora, Sergio Moro? Lula será entrevistado pela BBC de Londres em articulação Internacional para desmascarar a Lava Jato

07/05/2019 2 Por Redação Urbs Magna

Caiu como uma bomba a notícia de que Lula dará entrevista na TV aberta.

Após a enorme repercussão de suas entrevistas à Folha de SP e ao El País, o ex-presidente será entrevistado pela BBC de Londres e outros veículos estrangeiros. Essas entrevistas fazem parte de uma articulação internacional para desmontar a farsa da Lava Jato contra o ex-presidente.

Definitivamente, Lula está de volta à política – preso ou não. A permissão do Supremo Tribunal Federal para que o ex-presidente dê entrevistas puxou o tapete do bolsonarismo da Lava Jato, Sergio Moro à frente.

Após a entrevista que tirou a mordaça que a Lava Jato pôs em Lula ao prendê-lo na véspera da eleição de 2018 para ajudar Bolsonaro, o ex-presidente voltou ao debate político, para desespero dos seus algozes, que sabem que ele, podendo falar, desmontará o bolsonarismo peça por peça.

Quem avisou que Lula daria entrevista à Rede TV foi o deputado Paulo Pimenta (PT-RS).

O entrevistador foi o jornalista Kennedy Alencar. Em seu Blog, Alencar deu informações importantíssimas sobre a entrevista do ex-presidente ao telejornal noturno da Rede TV.

A primeira dessas informações é a de que Lula finalmente aceitou pedir progressão para o regime aberto por ter cumprido 1/6 da pena. A segunda informação é ainda mais importante.

Ao fim do texto em seu Blog, Kennedy Alencar revelou que há um projeto internacional de jornalistas para dar voz a Lula.

Esse projeto de levar a voz de Lula ao Brasil e ao mundo tramita em torno da crença cada vez mais difundida sobre uma conspiração envolvendo setores do Judiciário, do Ministério Público e do Departamento de Estado norte-americano com vistas a colocar na Presidência da República um fantoche para ser manipulado pelo governo Donald Trump.

Seja como for, Lula está de volta. É muito pequena a chance de a Justiça conseguir amordaçar Lula de novo e, com ele podendo falar, a farsa montada para impedi-lo de disputar a Presidência em 2018 está com os dias contados.

O Brasil e o mundo vão saber que Moro e Bolsonaro atuaram a mando do Tio Sam. E como foi a conspiração norte-americana para tirar a esquerda do poder no Brasil e colocar um governo disposto a entregar nossas riquezas aos EUA. Lula e o projeto jornalístico já mencionado vão desmascarar Moro, Bolsonaro e a “farsa a Jato”.

Comente com o Face ou utilize a outra seção abaixo. Os comentários são de responsabilidade do autor e não têm vínculo com a publicação. Mantenha um bom nível de discussão, do contrário reservamo-nos o direito de banir seus perfis.