Doria promulga lei que cria “Dia de Oração pelas Autoridades da Nação”


“Pedimos que o povo passe a prática da oração e a intercessão pelas pessoas que trazem resultados extraordinários, surpreendentes e até milagrosos”, diz a justificativa da lei, que pede que o “povo passe a orar e não criticar as autoridades”


São Paulo agora tem o Dia de Oração pelas Autoridades da Nação, celebrado sempre na terceira segunda-feira de cada mês. A medida, promulgada por João Dória, é de autoria do deputado estadual Reinaldo Alguz (PV) e busca criar hábito das pessoas “orarem”, ao invés de tecer críticas, por autoridades paulistas e brasileiras.


“É comum ouvirmos críticas a respeito de nossos governantes e políticos em geral. Oramos para que os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário cumpram os seus papéis com excelência”, defendeu o parlamentar, que é conferencista ligado à Renovação Carismática Católica e fundador da Sociedade Irmãos da Misericórdia (SIM).

“Pedimos que o povo passe a prática da oração e a intercessão pelas pessoas trazem resultados extraordinários, surpreendentes e até milagrosos”, diz a justificativa da lei aprovada, que também pede que “povo passe a orar e não criticar as autoridades constituídas no estado de São Paulo e por toda a nação Brasileira”. O projeto de lei foi apresentado por Alguz junto a Chico Sardelli (PV), deputado estadual até 2018.

A Bíblia também foi usada como argumento para a lei: “A Bíblia fala que toda autoridade é levantada por Deus, mesmo aquelas que nos fazem perecer”.



Comente

2 comentários em “Doria promulga lei que cria “Dia de Oração pelas Autoridades da Nação””

  1. Oro a Deus que leve imediatamente as castas políticas oligárquicas brasileiras direto para o nono círculo do inferno de Dante!

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.