Decisão do STJ sobre Temer é lida no STF e no Congresso como sinal ‘pedagógico’ contra abusos em preventivas

15/05/2019 0 Por Redação Urbs Magna
Compartilhe

Pelo peso de uma decisão unânime, o veredito do STJ a favor da libertação do ex-presidente Michel Temer foi lido no Congresso e entre magistrados de cortes superiores como o primeiro sinal enfático e “pedagógico” do tribunal contra “abusos nas prisões preventivas”

Com o foco da Lava Jato sob o Rio, a sentença produzida pela corte, avaliam juristas, deputados e senadores, indica a Marcelo Bretas e aos juízes do TRF-2 que novas medidas deste tipo encontrarão resistência em Brasília.

Um ministro do STJ comentou, no início desta semana, que a corte errou ao ter deixado Temer passar o fim de semana encarcerado. O caso do ex-presidente foi o mais rumoroso de prisão preventiva já analisado pelo tribunal.

via Folha de São Paulo

Comente com o Face ou utilize a outra seção abaixo. Os comentários são de responsabilidade do autor e não têm vínculo com a publicação. Mantenha um bom nível de discussão, do contrário reservamo-nos o direito de banir seus perfis.
Compartilhe