Dallagnol e Janot podem ser condenados a devolver recursos e ficar inelegíveis

Ex-procuradores enfrentarão no TCU julgamento que envolve passagens aéreas e diárias recebidos indevidamente nos tempos da Lava Jato

O ex-procurador Deltan Dallagnol e o ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot podem ser condenados a devolver recursos recebidos indevidamente nos tempos da força-tarefa da Operação Lava Jato em Curitiba.

O TCU (Tribunal de Contas da União) deve retomar nos próximos dias o julgamento que envolve gastos com passagens aéreas e diárias e, caso condenados, ambos, que já manifestaram o desejo de concorrer a uma vaga de deputado federal em outubro, poderão se tornar inelegíveis, conforme nocitiou a coluna de Mônica Bergamo, na Folha de S. Paulo.

O pente-fino nos gastos foi determinado no ano passado pelo ministro Bruno Dantas, que acatou representação do subprocurador Lucas Furtado, do Ministério Público junto ao TCU, concluindo que houve prejuízo ao erário e violação ao princípio da impessoalidade, com a adoção de um modelo “benéfico e rentável” aos integrantes da força-tarefa.

Siga Urbs Magna no Google Notícias
Comente

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.