Começou a ‘I Guerra Radiológica’

06/05/2021 0 Por Redação Urbs Magna

Jornalista faz troça com declaração de Bolsonaro sobre o ‘conflito’ iniciado pelo “país que mais cresceu o seu PIB” em 2020, mas depois o presidente fez questão de esclarecer: “Eu não falei a palavra China”

Bolsonaro afirmou, nesta quarta-feira (5), durante evento do 5G no Palácio do Planalto, que “é um vírus novo, ninguém sabe se nasceu em laboratório ou se nasceu por algum ser humano ingerir um animal inadequado. Mas está aí. Os militares sabem o que é guerra química, bacteriológica e radiológica. Será que não estamos enfrentando uma nova guerra? Qual o país que mais cresceu o seu PIB? Não vou dizer para vocês“.

Mais tarde, o presidente negou ter se referido à China e disse, a jornalistas: “Vocês que interpretaram”.

Eu não falei a palavra China. Eu falei a palavra China hoje de manhã? Eu não falei. Eu sei o que é guerra bacteriológica, guerra química, guerra nuclear. Eu sei porque tenho a formação. Só falei isso, mais nada. Agora ninguém fala, vocês da imprensa não falam onde nasceu o vírus. Falem. Ou estão temendo alguma coisa? Falem. A palavra China não estava no meu discurso de quase 30 minutos de hoje. Agora, muita maldade tentar aí um atrito com um país que é muito importante pra nós. E nós somos importantes pra eles também. Vocês que interpretaram“.

Após a insinuação sobre o país asiático, o presidente da CPI da Covid disse que isso piora tudo para Bolsonaro:

Acho que essa declaração de hoje vai piorar muito. Hoje foi ruim. Falou em guerra química. E nós estamos nas mãos deles. Não era a hora de cutucar ninguém”, disse o senador Osmar Aziz (PSD-AM).

A jornalista Hildegard Angel postou a imagem de uma radiografia torácica:


Siga no Telegram

Comente