Campanha de Bolsonaro admite que ‘frente única’ fará LULA vencer no 1º turno e intensificará ataques

Ex-presidente poderá acrescentar “até quatro pontos nas pesquisas”, o suficiente para encerrar a eleição em apenas um dia

A formação de uma ‘frente única’ nos últimos dias, para alavancar a vitória de LULA já no primeiro turno, certamente trará os resultados esperados, admitem estrategistas da campanha à reeleição de Jair Bolsonaro (PL). O ex-presidente poderá acrescentar “até quatro pontos nas pesquisas“, o suficiente para encerrar a eleição em apenas um dia.

Aliados do ocupante do Planalto pretendem responder redobrando a “mobilização nas ruas e redes“, escrevem os jornalistas Guilherme Seto e Juliana Braga, na coluna Painel, editada por Fábio Zanini, na Folha de S. Paulo. Rejeição de Bolsonaro é a principal preocupação para conquistar indecisos. Discurso na ONU (Organização das Nações Unidas) seria reflexo dessa estratégia.

A campanha continua buscando ampliar a rejeição a Lula, associando o petista a escândalos de corrupção durante as gestões do seu partido. Com isso, pretendem evitar o fim da eleição no primeiro turno e tentam reforçar o voto petista do qual Bolsonaro se beneficiou em 2018“, diz a matéria. “Assim, os ataques a Lula devem se tornar mais constantes na propaganda eleitoral destes últimos dias“.

Bolsonaro na ONU | Segunda-feira (20/9) | Michael M. Santiago/Getty Images/AFP

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra uma mega projeção, idealizada por ativistas a favor de democracia, no prédio da ONU (Organização das Nações Unidas), nesta terça-feira (20/9), antes do discurso de Bolsonaro.

O presidente brasileiro foi o primeiro líder de Estado a discursar na abertura da 77ª Sessão da Assembleia Geral.

Fotos de Bolsonaro foram mostradas, a 155 metros de altura, durante a madrugada, com legendas em quatro idiomas oficiais das Nações Unidas, inglês, francês, espanhol e mandarim, além do português: “mentiroso”, “desgraça” e “vergonha brasileira”. Veja abaixo:

Siga Urbs Magna no Google Notícias

Comente

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.