“Brasil não pode ser país do mundo gay; temos famílias”, diz Bolsonaro

26/04/2019 2 Por Redação Urbs Magna

Ao falar sobre recusa do Museu Americano de História Natural em sediar evento em sua homenagem, Bolsonaro disse que ele é visto como homofóbico fora do país

São Paulo — O presidente da República, Jair Bolsonaro, comentou nesta quinta-feira, 25, durante o café da manhã com jornalistas, a recusa do Museu Americano de História Natural de Nova York em sediar o evento organizado pela Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos que o homenageia.

“Eu recebo (a homenagem) na praia, numa praça pública. Não é o museu que está me homenageando. O que houve foi pressão do governo local que é Democrata e eu sou aliado do (presidente dos EUA) Donaldo Trump”, disse Bolsonaro.

via Exame

Comente