Boulos tem apoio de Ciro, Marina, Dino e Lula em propaganda da TV

22/11/2020 1 Por Redação Urbs Magna

Se a gente ganha em São Paulo, é o começo da derrota de Bolsonaro“, disse o candidato que conseguiu a inédita façanha de montar uma notável Frente Ampla, contra seu oponente Bruno Covas, no horário eleitoral gratuito, fortalecendo significativamente sua campanha, a uma semana do segundo turno

O candidato à Prefeitura de São Paulo, Guilherme Boulos (PSOL), reuniu em seu programa de TV deste sábado (21) o ex-presidente Lula (PT), o ex-ministro Ciro Gomes (PDT), o governador do Maranhão Flávio Dino (PCdoB) e a ex-ministra Marina Silva (REDE).

O líder do MTST conseguiu fazer a união dos partidos de esquerda que até então não havia acontecido. A frente formada na sexta, nomeada “Frente Democrática Por São Paulo”, une PSOL, PT, PDT, PSB, PCdoB, Rede, PCB e UP e é uma tentativa de empurrar Bruno Covas, que tem apoio de Celso Russomanno (Republicanos) e partidos do Centrão, para o campo do bolsonarismo.

Boulos fez uma caminhada com militantes pela comunidade de Heliópolis neste sábado e falou sobre a importância da união da esquerda para derrotar o PSDB de Bruno Covas em São Paulo. E, de acordo com o candidato, uma eventual vitória sua na cidade indicará uma possível derrota do bolsonarismo em 2022.

Se a gente ganha em São Paulo, é o começo da derrota de Bolsonaro e de João Doria em 2022”, disse Boulos.

“Tenho muito orgulho de ter recebido os apoios de sete partidos numa frente pela justiça social. Esta frente é um exemplo. Eu não escondo apoios. Eu tenho orgulho dos meus aliados e dos meus apoiadores. Covas esconde Doria e o vice (Ricardo Nunes)”

ASSISTA:

Com informação do Carta Capital e Estadão.

Telegram: Acesse e SIGA NOSSO CANAL

Comente com o Face ou utilize a outra seção abaixo. Os comentários são de responsabilidade do autor e não têm vínculo com a publicação. Mantenha um bom nível de discussão, do contrário reservamo-nos o direito de banir seus perfis.