Bolsonaro “é patético, é risível, é uma piada”, diz Jane Fonda sobre o caso DiCaprio, e acusa o presidente de corrupção na Amazônia

14/12/2019 3 Por Redação Urbs Magna
Bolsonaro “é patético, é risível, é uma piada”, diz Jane Fonda sobre o caso DiCaprio, e acusa o presidente de corrupção na Amazônia

A Veja entrevistou a atriz e ativista, que fez declarações graves sobre o presidente: “é um homem que permite as queimadas na Floresta Amazônica em troca de dinheiro, em nome da produção agrícola”


A atriz e ativista Jane Fonda, de 81 anos, comentou as acusações que Jair Bolsonaro fez a Leonardo DiCaprio. 

Esta imagem possuí um atributo alt vazio; O nome do arquivo é ET-URBS-MAGNA-LARANJA-um2-1024x1024.png
Telegram
Receba nossas Newslleters
gratuitamente. Acesse e siga
NOSSO CANAL
Não tem o aplicativo? ACESSE AQUI e
Saiba por que o TELEGRAM é 10 vezes
melhor que o WHATSAPP
Acompanhe as publicações do
ET URBS MAGNA no FACEBOOK
(CURTA AQUI)
Utilize o espaço abaixo que reservamos
para você fazer comentários. Role a página
e comente sobre este assunto.
Os comentários não representam a opinião
do ET URBS MAGNA. A responsabilidade
é do autor da mensagem.




Da Revista Fórum com informações do UOL – Recentemente, o presidente declarou que o ator norte-americano é o culpado pelas queimadas na Amazônia.

Esta imagem possuí um atributo alt vazio; O nome do arquivo é ET-URBS-MAGNA-LARANJA-um2-1024x1024.png
Telegram
Receba nossas Newslleters
gratuitamente. Acesse e siga
NOSSO CANAL
Não tem o aplicativo? ACESSE AQUI e
Saiba por que o TELEGRAM é 10 vezes
melhor que o WHATSAPP
Acompanhe as publicações do
ET URBS MAGNA no FACEBOOK
(CURTA AQUI)
Utilize o espaço abaixo que reservamos
para você fazer comentários. Role a página
e comente sobre este assunto.
Os comentários não representam a opinião
do ET URBS MAGNA. A responsabilidade
é do autor da mensagem.




Em entrevista à Veja, Jane classificou a declaração de Bolsonaro como “piada”.

“É patético. É risível. É uma piada. Eu acompanho a política brasileira. Estava em Michigan durante as eleições presidenciais brasileiras, quando Bolsonaro foi eleito. Alguns brasileiros me viram e começaram a chorar ao dizer que ele havia ganhado a disputa presidencial. Eles sabiam o que significava para seu país aquela vitória e não conseguiram se conter. Eu me senti muito mal. Já passei um tempo no Brasil, amo o país, amo seu povo, e sinto muito que tenha chegado a esse ponto”, destacou.




Jane Fonda vê semelhanças entre o presidente brasileiro e Donald Trump e fez outras críticas a Bolsonaro:

“É um homem que permite as queimadas na Floresta Amazônica em troca de dinheiro, em nome da produção agrícola, mas sem cuidado algum. Ele não entende que está potencialmente destruindo um órgão vital do planeta, com a Amazônia em chamas, além do ridículo, reafirmo, de culpar Leonardo DiCaprio e os ambientalistas’, ressaltou.

Coragem e sacrifício

Jane disse, ainda, que respeita a coragem e o sacrifício dos brigadistas que foram injustamente presos, recentemente. “Calá-los é como tentar coibir a imprensa livre. Mas vocês vão superar isso. Assim como nós, americanos, conseguiremos superar esse período com Donald Trump”, ressaltou.

Há muitos anos, a atriz se dedica ao ativismo. Na década de 70, participou de inúmeras manifestações contra a Guerra do Vietinã. Recentemente, passou a lutar em favor das questões ambientais, causa que a fez ser detida quatro vezes em 2019.

Anúncios