Bolsonaro decreta fim de 27 mil cargos e proíbe concursos para instituições de ensino

24/12/2019 1 Por Redação Urbs Magna
Compartilhe

O governo decidiu extinguir 27.611 cargos efetivos do seu quadro de pessoal, em decreto cujo texto também proíbe concursos públicos para cargos de instituições vinculadas ao MEC


Apesar da medida, de acordo com o portal Revista Fórum, que republicou as informações do jornal O Globo, não haverá demissões e a extinção ocorrerá quando essas pessoas se aposentarem.




Programas de saúde para os mais pobres são os que terão maior impacto. Serão cortados 81% dos cargos do Ministério da Saúde, e para o programa Agente de Saúde Pública serão extintos 10.661 cargos.

Concursos

Ainda será proibida a abertura de concurso público para cargos técnicos e administrativos das instituições de ensino.

A deputada Erika Kokay, do PT-DF, comentou o decreto em seu Twitter.

Leia mais no Portal Revista Fórum

Comente com o Face ou utilize a outra seção abaixo. Os comentários são de responsabilidade do autor e não têm vínculo com a publicação. Mantenha um bom nível de discussão, do contrário reservamo-nos o direito de banir seus perfis.
Compartilhe