Bolsonaro dará novo vexame internacional e ampliará êxito da viagem de LULA aos EUA, diz jornalista

05/12/2021 0 Por Redação Urbs Magna
Bolsonaro dará novo vexame internacional e ampliará êxito da viagem de LULA aos EUA, diz jornalista

O presidente Jair Bolsonaro grava pronunciamento sobre o dia da Independência do Brasil / Imagem: Reprodução/Twitter/JairBolsonaro | LULA durante papo descontraído no podcast PodPah, comandado por Mítico e Igão / Imagem: Reprodução/YouTube/PodPah | Sobreposição de imagens


PROGRESSISTAS POR UM BRASIL SOBERANO

Na visão de Josias de Souza, com este material que já está pronto para divulgação e que causará vergonha em todo o mundo, o presidente “levanta bola para Lula cortar

O presidente brasileiro, Jair Bolsonaro (PL) já tem preparado um novo material a ser divulgado na terra do presidente Joe Biden, que será um vexame mundial, diz no UOL, o jornalista Josias de Souza.

Tal vergonha dará a LULA uma nova oportunidade de brilhar, como fez na Europa, aumentando seu êxito na viagem que está programada aos EUA, no início de 2022.

Na visão de Josias de Souza, “Bolsonaro levanta bola para LULA cortar” e por pouco não foi chamado de burro pelo jornalista.

A partir deste novo ‘mico’ internacional, “o ex-presidente só precisará fazer três coisas nos Estados Unidos“, escreve Souza:

1) agendar encontros com os desafetos de Bolsonaro;

2) dizer o oposto de tudo o que o rival declarou; e

3) abster-se de elogiar em entrevistas as ditaduras da Nicarágua e de Cuba“.

O capitão impõe novo vexame internacional ao Brasil num instante em que Lula prepara uma viagem aos Estados Unidos no início de 2022″, escreveu o jornalista. É como se Bolsonaro reivindicasse uma vaga de levantador no time do adversário. Especializou-se em levantar as bolas que Lula corta“.

Josias de Souza explica que, em um “encontro virtual, Bolsonaro dará as caras num vídeo de três minutos“, tendo mandado “preparar um documento à sua imagem e semelhança“, a partir do qual “participará, na quinta e sexta-feira, 9 e 10” da “cúpula da democracia“, preparada por Biden.

Nas palavras do colunista “o texto anota que a mídia tradicional difunde desinformação no Brasil. E acusa as plataformas eletrônicas de censurar conservadores e governistas“.

Bolsonaro, como se sabe, defende o direito à liberdade de expressão mesmo para quem não sabe se exprimir sem propagar ódio e mentiras“, diz o colunista.

O índice de empulhação do capitão não aumentou. Continua nos mesmos 100%“.

Comente