Bolsominions Resistentes buscam em Albert Einstein alguma Teoria para as coincidências envolvendo o clã

12/03/2019 1 Por Dino Barsa
Compartilhe

Claro que é uma piada sobre o cientista. Mas é fato que ainda há um exército de eleitores fanáticos de Bolsonaro que não dá o braço a torcer e que inacreditavelmente indagam-se: “por que querem derrubar o capitão?” Para eles, tantas ‘coincidências’ envolvendo o nome de seu ‘mito’ deve ter alguma explicação científica… que eles não sabem explicar, mas que certamente Albert Einstein tiraria de letra.

VEJAMOS AS COINCIDÊNCIAS

2003 – Jair defende milicias
2007 – Flávio quer legalizar milicias
2011- A juíza Patricia Acioli é assassinada por milicianos, Flávio a difama.
2015 – De 70 deputados da ALERJ, Flávio é o único a votar contra CPI q investigara policiais.
2018 – Já em campanha, Jair defende milicias (de novo)
2018- Flávio faz campanha com família ligada ao jogo do bicho (muitos bicheiros viraram milicianos)
2018- Marielle é assassinada (silêncio dos Bolsonaros)
2018 – Dois PM’s são presos, acusados de serem milicianos, os dois são irmãos da tesoureira e assessora do PSL (Val do Açai)
2018 – Dois candidatos do partido do Bolsonaro quebram uma placa de homenagem a Marielle e Flávio os defende.
2018 – descobrem q uma milícia de São Gonçalo teria atuado em favor de um dos candidatos de Jair Bolsonaro à ALERJ, o coronel Fernando Salema (PSL)
2019 – COAF revela que Fabrício, ex-assessor de Flávio, fez movimentação atípica de R$ 1,233 milhão entre 2016 e janeiro de 2017. O ex PM já cometeu pelo menos 10 homicídios;
2019 – O COAF descobriu que, além do lote de 1,2 milhão de reais, passaram também pela conta corrente do assessor de Flávio 5,8 milhões de reais nos dois exercícios imediatamente anteriores.
2019 -Novo relatório do COAF aponta Flávio recebeu R$ 96 mil em 50 depósitos fracionados. Ele alega que o dinheiro vivo é fruto da venda de um imóvel;
2019 – É revelado que Queiroz, antes de ir para o Albert Einstein, se escondeu na favela de Rio das Pedras, dominada pela milícia;
2019 -Flávio empregou mãe e mulher de chefe do Escritório do Crime em seu gabinete, suspeitos de assassinarem Marielle.
2019 -Flávio foi o único parlamentar que votou contra a concessão da medalha Tiradentes à Marielle.
2019 – Carlos tenta manchar a imagem da Mangueira nas redes socias, dizendo q a escola tem envolvimento com milícias, depois dela ter ganho o carnaval fazendo homenagem a Marielle.
12/03/2019- Elcio e Lessa, dois ex-PMs são presos acusados do assassinato da Marielle, Lessa mora no mesmo condomínio luxuoso que Jair e só se mudou pra lá, depois da morte de Marielle. Nenhum comentário da família Bolsonaro foi feito até agora.
MAS É TUDO COINCIDÊNCIA.

Dino Barsa para o Et Urbs Magna via Redes Sociais

Receba nossas atualizações direto no seu WhatsApp – Salve nosso número em sua agenda e envie-nos uma mensagem – É GRÁTIS – ACESSE AQUI

Doe ao Et Urbs Magna

𝙲𝙾𝙽𝚃𝚁𝙸𝙱𝚄𝙰 𝚌𝚘𝚖 𝚘 𝚅𝙰𝙻𝙾𝚁 𝚀𝚄𝙴 𝙳𝙴𝚂𝙴𝙹𝙰𝚁 (O valor está expresso em Dólar americano) Para alterar o valor a contribuir, basta alterar o MULTIPLICADOR na caixa correspondente 𝐀 𝐩𝐚𝐫𝐭𝐢𝐫 𝐝𝐞 𝐔𝐒𝐃 $ 5 até o limite que desejar

$5.00

Compartilhe