Após ser ‘O Cara’ da COP 27, Lula está em Portugal para encontro com o presidente ameaçado de morte

Enquanto o Presidente eleito era a sensação do encontro da ONU sobre o Clima, Marcelo Rebelo de Souza recebeu carta com bala de revólver e pedido de 1 milhão de Euros

Na COP 27, o presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva foi “O Cara” – referência usada pelo ex-presidente dos EUA, Barack Obama, durante a reunião do G20 ocorrida Londres no ano de 2009.

O mundo se encantou com os compromissos assumidos por Lula para sua terceira gestão. O líder da esquerda mundial encerrou, na quinta-feira (17/11) sua brilhante participação na Conferência da ONU (Organizaão das Nações Unidas) sobre o Clima.

Agora, Lula está em Portugal, onde se reúne, nesta sexta-feira (18/11), com o presidente português Marcelo Rebelo de Sousa, que recebeu uma carta anônima com uma bala junto com o pedido de 1 milhão de euros, o que equivale a R$ 5,6 milhões.

O jornal português Correio da Manhã diz que a carta ameaçava Rebelo, caso ele não transferisse o valor pedido. Na correspondência, havia informações de uma conta bancária para a qual ele deveria enviar o valor. Um telefone celular também foi entregue junto com a carta no Palácio de Belém.

A polícia portuguesa investiga o caso, que foi minimizado por Rebelo durante entrevista à televisão local: “Quem anda nesta vida, e eu já ando há 30 anos, tem disso às dezenas (…) Acontece e eu não dou grande importância. Isto acontece espaçadamente e nunca se confirmou qualquer gravidade. Normalmente, há o caso da perturbação ou nem é possível investigar porque são cartas anônimas“.

O encontro de Lula com Rebelo está marcado para as 14h (no horário de Brasília). Entre as pautas está o acordo comercial entre o Mercosul e a União Europeia, novos vistos para trabalhadores remotos e a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa.

Depois, a comitiva brasileira participa às 17h de uma reunião bilateral com o com o primeiro-ministro António Costa.

Comente

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.