Após Bolsonaro declarar seu repúdio à Venezuela, Putin dá apoio militar a Maduro

26/12/2018 1 Por Redação Urbs Magna

O embaixador da Rússia na Venezuela, Vladimir Zaemsky, não descartou novos voos de aviões russos ao país sul-americano. Em dezembro, dois bombardeiros estratégicos Tu-160, um avião de transporte militar An-124 e uma aeronave Il-62 da Força Aeroespacial da Rússia pousaram no aeroporto internacional nos arredores de Caracas.

Foram realizados voos conjuntos com a Força Aérea venezuelana e depois voltaram à base permanente na Rússia.

“Durante a cooperação russo-venezuelana nesta direção, sem dúvida, não excluímos tais eventos no futuro de acordo com todas as normas internacionais como antes”, declarou à Sputnik Zaemsky.

Segundo ele, o “alvoroço” por causa dos aviões russos Tu-160, foi causado, especialmente, entre os opositores ao governo venezuelano tanto na região como nos EUA. 

O presidente Nicolás Maduro toma posse em seu segundo mandato no dia 9 de janeiro, mas é alvo de uma retórica hostil por parte de Brasil, Colômbia e Estados Unidos, que querem derrubá-lo.

A Venezuela tem as maiores reservas de petróleo do mundo.

via Brasil 247

Receba nossas atualizações direto no seu WhatsApp – Salve nosso número em sua agenda e envie-nos uma mensagem – É GRÁTIS – ACESSE AQUI

Doe ao Et Urbs Magna

𝙲𝙾𝙽𝚃𝚁𝙸𝙱𝚄𝙰 𝚌𝚘𝚖 𝚘 𝚅𝙰𝙻𝙾𝚁 𝚀𝚄𝙴 𝙳𝙴𝚂𝙴𝙹𝙰𝚁 (O valor está expresso em Dólar americano) Para alterar o valor a contribuir, basta alterar o MULTIPLICADOR na caixa correspondente 𝐀 𝐩𝐚𝐫𝐭𝐢𝐫 𝐝𝐞 𝐔𝐒𝐃 $ 5 até o limite que desejar

$5.00


Comente com o Face ou utilize a outra seção abaixo. Os comentários são de responsabilidade do autor e não têm vínculo com a publicação. Mantenha um bom nível de discussão, do contrário reservamo-nos o direito de banir seus perfis.