Angelina Jolie teve que fugir de possível ataque com mísseis após sirenes soarem em Lviv (vídeo)

A atriz visitava a cidade ucraniana neste sábado quando o alarme disparou e, correndo, ela disse para a câmera: ‘Estou bem’

Imagens da atriz Angelina Jolie fugindo com outras pessoas sob o sons estridentes de sirenes que alertavam sobre a possibilidade de um ataque com mísseis na cidade de Lviv, na Ucrânia, viralizam nas redes sociais.

A ativista da causa dos refugiados foi levada para um local seguro após ser surpreendida pelos disparos de ruidosos alarmes.

Lviv está sob a mira russa nas últimas semanas, mas mesmo assim a enviada especial oficial da ONU visitava um centro humanitário neste sábado (30/4).

Um vídeo da TV local mostrou a atriz caminhando rapidamente com uma comitiva, sob o som alto das sirenes, antes de ser colocada em um veículo.

Jolie acenou para a câmera e disse: “Estou bem”.

Assista:

Os detalhes da visita de Jolie à Ucrânia não são conhecidos, mas em fevereiro ela postou nas redes sociais: “Como muitos de vocês, estou orando pelas pessoas na Ucrânia. Meu foco junto com meus colegas @refugees é que tudo o que for possível seja feito para garantir a proteção e os direitos humanos básicos dos deslocados e refugiados na região“.

Já vimos relatos de vítimas e pessoas começando a fugir de suas casas em busca de segurança. É muito cedo para saber o que vai acontecer, mas o significado deste momento, para o povo da Ucrânia e para o estado de direito internacional, não é exagerado.”

Jolie visitou outras zonas de guerra enquanto fazia trabalho humanitário. No mês passado, ela visitou o Iêmen em um esforço para ajudar os refugiados da guerra civil em curso no país. Ela visitou famílias iemenitas, incluindo famílias deslocadas e refugiados, para ouvir diretamente deles sobre como o conflito afetou suas vidas.

Em 2011, Jolie visitou o oeste de Mossul menos de um ano depois que a cidade foi libertada pelas forças do EI.

Jolie, de 46 anos, é uma enviada especial do Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR), uma agência ONU, que diz que mais de 12,7 milhões de pessoas fugiram de suas casas nos últimos dois meses, o que representa cerca de 30% da população da Ucrânia antes da guerra. Até o momento, 5,4 milhões de ucranianos deixaram seu país e mais de 7,7 milhões fugiram e estão deslocados internamente, segundo estimativa da ONU.

Comente

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.