“Amigo Secreto”: o filme sobre o lawfare de Moro a LULA, da cineasta que documentou o golpe em Dilma

Sergio Moro foi condenado no STF e na ONU a carregar o rórulo de juiz parcial devido ao lawfare praticado contra o ex-presidente LULA durante a operação Lava Jato | Foto de Tânia Rêgo / Agência Brasil

Maria Augusta Ramos (O Processo) mostra o trabalho de jornalistas na divulgação das mensagens entre procuradores e o ex-juiz parcial

A cineasta Maria Augusta Ramos, que documentou o impeachment de Dilma Rousseff (PT) e recebeu o prêmio de melhor filme no festival suíço Visions du Reel, no DocumentaMadrid e no IndieLisboa, pela produção de O Processo, agora lança o documentário Amigo Secreto, que mostra o lawfare praticado por Sergio Moro ao ex-presidente LULA durante a operação judicial mais polêmica do mundo.

O filme foi produzido a partir do trabalho de jornalistas que divulgaram as mensagens vazadas do Telegram entre procuradores da extinta Lava Jato e o ex-juiz Sergio Moro: os jornalistas Leandro Demori, então do The Intercept Brasil, e Carla Jiménez, Regiane Oliveira e Marina Rossi, então do El País Brasil, que fizeram a cobertura jornalística da série “Vaza Jato”.

Coproduzido por Brasil, Alemanha e Holanda, a produção tem estreia nos cinemas em 16 de junho, sendo de distribuição da Vitrine Filmes.

Sinopse

De acordo com transcrição da jornalista Mônica Bergamo, na Folha de S. Paulo, a sinopse do documentário “Amigo Secreto” diz: “Em 2019, a entrada do ex-juiz Sergio Moro no governo Bolsonaro e o vazamento de mensagens trocadas por ele com procuradores e autoridades abalam a credibilidade da Operação Lava Jato.

Um grupo de jornalistas acompanha os desdobramentos do caso, enquanto o país mergulha em uma sequência de crises que começa a ameaçar a sua democracia“.

“Amigo Secreto” tem direção de fotografia de Diego Lajst, montagem de Karen Akerman e direção de produção e pesquisa de Zeca Ferreira.

Siga Urbs Magna no Google Notícias

Comente

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.