Advogados negam defesa a Allan dos Santos, o ‘soldado de Bolsonaro’, diz Lauro Jardim

02/08/2020 0 Por Redação Urbs Magna
Compartilhe

Advogados que atuam na defesa do presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido) teriam se negado a defender o blogueiro Allan dos Santos, o ‘Soldado de Bolsonaro’ de acordo com Lauro Jardim, no inquérito das Fake News cujo relator é o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Alexandre de Moraes, disse o jornalista em sua coluna deste domingo (2) no jornal O Globo.

Advogados de Bolsonaro dizem não a Allan dos Santos“, escreveu o colunista dos Marinho acrescentando que o influencer do bolsonarismo queria o serviço de graça, talvez achando que faz jus a este direito por ser um dos principais responsáveis por uma relação positiva do presidente com seus apoiadores.

Ouviu um “não“”, disse Jardim acrescentando que o blogueiro considera uma “questão de dignidade” receber “o apoio da equipe jurídica do presidente, posto que ele atua nas redes exclusivamente em favor de Bolsonaro e suas bandeiras“.

Ainda segundo o colunista, Allan dos Santos, “o blogueiro de estimação dos Bolsonaro” conforme destacou, teria feito o pedido antes de aparecer na live, na última quinta (30) quando disse que deixou o Brasil por correr risco de vida.

Allan dos Santos é investigado em dois inquéritos na Corte: um de ameaças, ofensas e “fake news” contra o Supremo e o outro que investiga o financiamento de atos antidemocráticos em Brasília.

De acordo com o Estadão, investigadores suspeitam que o blogueiro tenha deixado o país em voo comercial da Aeromexico com destino à Capital do México que decolou do Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo, durante a manhã de segunda (27).

Comente com o Face ou utilize a outra seção abaixo. Os comentários são de responsabilidade do autor e não têm vínculo com a publicação. Mantenha um bom nível de discussão, do contrário reservamo-nos o direito de banir seus perfis.
Compartilhe