Adélio Bispo quer falar para não morrer – “Com as eleições de 2020 chegando, é preciso dar um fim logo em Adélio”

20/10/2019 3 Por Redação Urbs Magna
Adélio Bispo quer falar para não morrer – “Com as eleições de 2020 chegando, é preciso dar um fim logo em Adélio”

Para alguém cujos advogados muy suspeitos dizem ser ininputável, Adélio Bispo parece saber bem que caiu no conto vermelho do vigário e que agora: ou fala, ou morre.


publicado origirariamente por BCG


Já há até apostas de que Adélio aparecerá morto (suicídio?) no presídio onde está sem nenhum contato com a família – apenas com seus advogados.

Esta imagem possuí um atributo alt vazio; O nome do arquivo é ET-URBS-MAGNA-LARANJA-um2-1024x1024.png
Telegram
Receba nossas Newslleters
gratuitamente. Acesse e siga
NOSSO CANAL
Não tem o aplicativo? ACESSE AQUI e
Saiba por que o TELEGRAM é 10 vezes
melhor que o WHATSAPP
Acompanhe as publicações do
ET URBS MAGNA no FACEBOOK
(CURTA AQUI)
Utilize o espaço abaixo que reservamos
para você fazer comentários. Role a página
e comente sobre este assunto.
Os comentários não representam a opinião
do ET URBS MAGNA. A responsabilidade
é do autor da mensagem.




Com as eleições de 2020 chegando, é preciso dar um fim logo em Adélio, antes de candidatos a certas prefeituras virar companheiros de cela de Walter Delgatti e Luiz Molição. Bem amigos, tudo parte dos mesmos mandantes. É mais que natural juntar os mesmos criminosos para confessar juntos seus crimes.

A Diferença? Delgatti, Eliezer E Molição São Laranjas Idiotas. Adélio, Não!

O papo de Maçonaria e Satanismo é pura conversa fiada. Quem mandou Adélio Bispo matar Jair Bolsonaro anda mandando recado ao ‘maluco nada beleza’ que tem pedido a DPU, a Defensoria Pública da União, por novos advogados.

Nem Adélio confia no advogado Zanone Manuela de Oliveira, pago só deus sabe por quem, mas não por Adélio. Eu aposto umas cuspidas que essa história vai acabar em dois personagens conhecidos – basta uma pesquisadinha em tretas antigas com Bolsonaro para saber que a origem é bastante simétrica e ideológica.

Pastor e membros da Igreja que Adélio frequentava PRECISAM ser ouvidos

Membros da igreja que Adélio Bispo frequentava em Montes Claros – MG, dizem jamais ter notado algo de estranho em Adélio Bispo, e que até o episódio da facada, jamais imaginariam que Adélio praticasse tal ato. No entanto, Adélio já havia sido cabo eleitoral de ‘certos’ partidos em eleições desde 2006.

Um pastor da igreja diz que a esposa de Adélio, Maria Inês Dias Fernandes, relatou ameaças anônimas nas últimas semanas, após o MPF informar que ouvirá o vizinho de cela de Adélio: o iraniano Farhad Marvizi.

Vamos todos fingir que não sabemos quem são os mandantes, afinal: não há um único histórico no Brasil de assassinatos envolvendo políticos quando estes estão pertos de perder o poder.

SIGA Et Urbs Magna

FacebookTwitterInstagram
Anúncios