“Acorde, Shireen”, gritou jornalista para a colega quando o médico disse que nada poderia ser feito (vídeos)

Durante o dia, centenas de palestinos carregaram o corpo de Shireen Abu Akleh, do Al Jazeera, que morreu na cobertura de ataque de Israel à Cisjordânia

O Al Jazeera produziu um vídeo em que mostrou o desespero de jornalistas ao constatar que Shireen Abu Akleh havia sido morta.

É extremamente raro que soldados israelenses… sejam responsabilizados por suas ações“, postou a edição em inglês, no Twitter.

As forças de ocupação israelenses mataram o veterano jornalista da Al Jazeera Shireen Abu Akleh na Cisjordânia ocupada. Ela foi baleada enquanto cobria ataques israelenses no campo de refugiados de Jenin“.

Comente

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.