15 mil mortes por covid-19 no Brasil: 7 vezes mais que as apresentadas, diz estudo

18/04/2020 1 Por Redação Urbs Magna

Et Urbs Magna – Oficialmente, o Brasil tem hoje, sábado (18), 2.181 mortes por coronavírus, de acordo os dados divulgados pelo Ministério da Saúde e cujas informações carregam os sites que registram em tempo real os casos de covid-19 em todo o mundo. Mas esse número pode ser até mais de 15 mil em cenário pessimista (são apresentados vários cenários), aponta um estudo exclusivo feito a pedido do portal UOL ao Observatório Covid-19 BR.

Funcionários de cemitério sepultam corpo de vítima de coronavírus

Junte-se a 37.113 outros assinantes

O levantamento levou em conta a demora entre as ocorrências das mortes e a entrada delas nas estatísticas do governo e mostrou que o número de óbitos pode estar entre 3.800 e 15.600, calculou o UOL com base nas informações do Ministério da Saúde, que se utiliza de dados do SIVEP Gripe (Sistema de Informação da Vigilância Epidemiológica da Gripe), e que foram apresentadas entre os dias 29 de março a 15 de abril.

O estudo pode estar certíssimo e pode ser compreendido da seguinte forma: o primeiro óbito foi registrado em 17 de março, mas ocorreu no dia 16 e duas semanas depois descobriu-se que outra morte ocorrida em 15 de março foi a primeira no Brasil, assim como houve caso em que a morte só foi registrada após quase 1 mês. Além da notada morosidade das estatísticas oficiais, 53% dos óbitos levam mais de 10 dias para serem notificados, apontou a análise do observatório.

Telegram: Acesse e SIGA NOSSO CANAL

Comente com o Face ou utilize a outra seção abaixo. Os comentários são de responsabilidade do autor e não têm vínculo com a publicação. Mantenha um bom nível de discussão, do contrário reservamo-nos o direito de banir seus perfis.