BOMBA: Tríplex do Guarujá acaba de ser penhorado em Brasília por dívida da OAS. Sérgio Moro vai fugir para os EUA?

13 de janeiro de 2018 15 Por Redação Urbs Magna
BOMBA: Tríplex do Guarujá acaba de ser penhorado em Brasília por dívida da OAS. Sérgio Moro vai fugir para os EUA?

O famoso Triplex acaba de ser penhorado pela 2ª Vara de Execuções e Títulos no Distrito Federal, devido a dívida da empreiteira.

A decisão cria conflito direto com a decisão do Juiz Sérgio Moro.

O tão falado Triplex do Guarujá, como todos já estão cansados de saber, tinha sido dado em garantia pela OAS em operações financeiras, mas Moro atribuiu a propriedade a Lula.

Agora, tem uma nova história: o Centro Empresarial que estava sendo construído no Distrito Federal tinha contrato em Sociedade de Propósito Específico (SPE). A empresa credora impetrou uma ação de cobrança no valor de R$ 7,2 milhões corrigidos. A juíza acatou e determinou o bloqueio nas contas da OAS Empreendimentos, encontrando apenas R$ 10 mil reais. A empresa credora fez busca nos cartórios em todo Brasil e achou em um mesmo CNPJ quatro imóveis no Guarujá em nome da OAS Empreendimentos.

Como para a justiça vale o que está na escritura, a execução do Triplex para pagamento da dívida é o natural a acontecer, menos para o juiz Sérgio Moro. Veja o que está na escritura:

O processo está sendo comandado pela Juiza Luciana Correa Torres e atesta que o Triplex está em Penhora de Bens da OAS ratificando que o imóvel não é de Lula. Isso elimina qualquer envolvimento do petista com desvios de dinheiro da Petrobras.

O próprio Sérgio Moro já se manifestara em Embargo de Declaração que Lula nada tem a ver com desvios de recursos da Petrobras neste caso, portanto, a raiz do problema está nula.
A decisão tomada em primeira instância ignorou as provas e se deu por fatores externos e incompreensiveis ao ato judicante. Este processo não poderia estar mais em Curitiba nem em Porto Alegre, e sim em São Paulo.
Mas ocorreram, na mídia como todos vimos, manifestações antecipadas de desembargadores querendo punir a qualquer preço, sem provas, o mais brasileiro de todos os brasileiros Lula.
Agora, o TRF-4 só precisa agir com a justiça que lhe cabe, uma vez que todas as provas desmontam a decisão parcial e absurda do popstar Moro, o que basta para provar a inocência de Lula e para o arquivamento do processo.
Anúncios