Vídeo: Mônica Seixas detona presidente da Alesp, que tentava calar protesto dos servidores contra reforma da Previdência

22/02/2020 0 Por Redação Urbs Magna

Et Urbs Magna – Mônica Seixas, da Bancada Ativista, confronta Cauê Macris, o presidente da Alesp, que tentava calar as manifestações dos servidores públicos contra a Reforma da Previdência.

Junte-se a 37.006 outros assinantes

A codeputada Monica Seixas, da Bancada Ativista, em um discurso de mais de seis minutos, expôs o autoritarismo e o desrespeito de Macris.

ASSISTA:

Tudo ocorreu porque o governo estadual de São Paulo e a presidência da Casa Legislativa aceleraram o processo de tramitação sem conceder o tempo necessário para o debate nas comissões, mesmo após diversos líderes de partidos terem dito que não queriam votar a matéria de forma atropelada.

O discurso da deputada repercutiu dando-lhe notoriedade pela disposição e preparação técnica em discutir os números e dispositivos da reforma, desmistificando falácias que têm sido disseminadas, como ao esclarecer que os servidores recebem desconto de alíquota referente à Previdência em seus salários e que suas aposentadorias não são bancadas pelos trabalhadores do setor privado.

Chamou atenção também a coragem e determinação da deputada ao criticar o fechamento de acordos pelo governo para que a proposta seja aprovada a “toque de caixa” e ainda a defesa feita pela parlamentar dos servidores que protestavam democraticamente na galeria do Plenário. 

Esta imagem possuí um atributo alt vazio; O nome do arquivo é ET-URBS-MAGNA-LARANJA-um2-1024x1024.png
Telegram Receba nossas Newslleters gratuitamente. Acesse e siga NOSSO CANAL
Não tem o aplicativo? ACESSE AQUI e Saiba por que o TELEGRAM é 10 vezes melhor que o WHATSAPP
Acompanhe as publicações do ET URBS MAGNA no FACEBOOK (CURTA AQUI)




𝘊𝘰𝘮𝘦𝘯𝘵𝘦 𝘤𝘰𝘮 𝘴𝘦𝘶 𝘍𝘢𝘤𝘦𝘣𝘰𝘰𝘬 𝘰𝘶 𝘶𝘵𝘪𝘭𝘪𝘻𝘦 𝘢 𝘰𝘶𝘵𝘳𝘢 𝘴𝘦çã𝘰 𝘮𝘢𝘯𝘵𝘪𝘥𝘢 𝘢𝘣𝘢𝘪𝘹𝘰. 𝘖𝘴 𝘤𝘰𝘮𝘦𝘯𝘵á𝘳𝘪𝘰𝘴 𝘴ã𝘰 𝘥𝘦 𝘳𝘦𝘴𝘱𝘰𝘯𝘴𝘢𝘣𝘪𝘭𝘪𝘥𝘢𝘥𝘦 𝘥𝘦 𝘲𝘶𝘦𝘮 𝘰𝘴 𝘱𝘶𝘣𝘭𝘪𝘤𝘢 𝘦 𝘱𝘰𝘥𝘦𝘮 𝘯ã𝘰 𝘳𝘦𝘧𝘭𝘦𝘵𝘪𝘳 𝘢 𝘰𝘱𝘪𝘯𝘪ã𝘰 𝘥𝘰 𝘴𝘪𝘵𝘦. 𝘛𝘦𝘹𝘵𝘰𝘴 𝘷𝘶𝘭𝘨𝘢𝘳𝘦𝘴 𝘦 𝘥𝘪𝘴𝘤𝘶𝘳𝘴𝘰𝘴 𝘥𝘦 ó𝘥𝘪𝘰 𝘴ã𝘰 𝘥𝘦𝘴𝘯𝘦𝘤𝘦𝘴𝘴á𝘳𝘪𝘰𝘴 𝘱𝘢𝘳𝘢 𝘢 𝘤𝘰𝘯𝘴𝘵𝘳𝘶çã𝘰 𝘥𝘦 𝘶𝘮𝘢 𝘴𝘰𝘤𝘪𝘦𝘥𝘢𝘥𝘦 𝘤𝘪𝘷𝘪𝘭𝘪𝘻𝘢𝘥𝘢. 𝘕𝘦𝘴𝘵𝘦𝘴 𝘤𝘢𝘴𝘰𝘴, 𝘳𝘦𝘴𝘦𝘳𝘷𝘢𝘮𝘰-𝘯𝘰𝘴 𝘰 𝘥𝘪𝘳𝘦𝘪𝘵𝘰 𝘥𝘦 𝘣𝘢𝘯𝘪𝘳 𝘴𝘦𝘶𝘴 𝘱𝘦𝘳𝘧𝘪𝘴.
Anúncios