[Vídeo] Bolsonaro é chamado de “assassino” e “genocida” ao descer do carro para um jantar em Nova Iorque

21/09/2021 0 Por Redação Urbs Magna
[Vídeo] Bolsonaro é chamado de “assassino” e “genocida” ao descer do carro para um jantar em Nova Iorque

Um caminhão com telão com os dizeres “Amazon or Bolsonaro” é visto estacionado em frente à residência oficial do embaixador do Brasil junto à ONU, em Nova Iorque. Ao lado dele, manifestantes aguardavam a chegada de Bolsonaro e sua comitiva para um jantar. Ao descer do veículo que o transportava, o presidente é xingado em português pelos ativistas brasileiros e americanos. O protesto é contra o discurso de Bolsonaro na ONU nestaterça (21) – Imagem reprodução Twitter


PROGRESSISTAS POR UM BRASIL SOBERANO

O presidente parou e gesticulou para os manifestantes na chegada à residência oficial do embaixador do Brasil junto à ONU. Seguranças tentam conter o protesto – Assista

O presidente Jair Bolsonaro passou maus momentos em Nova Iorque, na noite desta segunda-feira (20). Ele foi chamado de “assassino” e “genocida” ao descer do carro para um jantar. Do lado de fora da residência oficial do embaixador do Brasil junto à ONU, um caminhão com um telão onde se lia “Amazon or Bolsonaro” o aguardava ao estacionado ao lado de manifestantes que passaram a gritar “Bolsonaro genocida!”, “Assassino!”, além de outros nomes.

Sua comitiva e seguranças tentaram conter o ato, mas os ativistas passaram a gritar ainda mais. Bolsonaro ficou visivelmente incomodado e gesticulou para o grupo.

O protesto é contra o discurso de Bolsonaro na ONU nesta terça (21) – Imagem reprodução Twitter.

Assista:

No momento em que Jair Bolsonaro falar na Assembleia Geral da ONU, nesta terça-feira, 21, um caminhão com três telões circulará pelas ruas de Nova York exibindo mensagens como “Bolsonaro is burning the Amazon” (Bolsonaro está queimando a Amazônia, em inglês), segundo a Folha de S.Paulo.

Nesta segunda-feira, 20, o caminhão já rodou as ruas da cidade, enquanto Bolsonaro tinha seu primeiro dia de agenda nos Estados Unidos, onde ele promoveu um vexame pelas suas atitudes negacionistas.

“No vídeo exibido nos telões ambulantes, as frases contra o presidente são acompanhadas do som de labaredas flamejando e de imagens, ora da floresta em chamas, ora de montagens de Bolsonaro com os cabelos em fogo”, diz a Folha.

Caminhão com telão com ação de ativistas brasileiros e americanos contra o discurso de Bolsonaro na ONU passeia pela Times Square, em NY, nesta segunda (20) – Thiago Dezan

Entre as frases exibidas no vídeo, estão ainda “Jail Bolsonaro” (prendam Bolsonaro), “Amazon or Bolsonaro” (Amazônia ou Bolsonaro) e “Bolsonaro, climate criminal” (Bolsonaro, criminoso climático), diz o jornal paulista.

Segundo a reportagem, a ação foi planejada por ativistas brasileiros e norte-americanos financiados por ONGs ligadas ao meio ambiente e à defesa da democracia, como Amazon Watch e US Network for Democracy in Brazil, entre outras organizações.

“Sabemos que Bolsonaro veio a Nova York para mentir que seu governo está protegendo a Amazônia e, portanto, nós temos o dever de denunciá-lo”, explica Christian Poirier, diretor de programas da Amazon Watch.

“O futuro da floresta está ameaçado por este presidente, que diz protegê-la.”

Comente