Vídeo: A bela homenagem de Lula a Paulo Freire

20/09/2020 0 Por Redação Urbs Magna
Compartilhe

“Paulo Freire é o nosso gênio do século 20. Tive o prazer e a honra de conviver com ele. Poucas vezes vi um homem tão generoso”, disse o ex-presidente – Leia e assista:

Seu nome de batismo era Paulo Reglus Neves Freire. Nasceu aos 19 de setembro de 1921 em Recife e desencarnou aos 2 de maio de 1997. Paulo Freire era educador e filósofo. Neste sábado (19) completaria 99 anos.

Lula, em seu perfil do Twitter, prestou uma bela homenagem ao pensador, que é o Patrono da Educação do Brasil, considerado um dos mais notáveis da história da pedagogia mundial.

Em mensagem textual acompanhada de vídeo, o ex-presidente escreveu: “Hoje Paulo Freire completaria 99 anos. Dizem que em uma nação a cada século nasce um gênio. Paulo Freire é o nosso gênio do século 20. Tive o prazer e a honra de conviver com ele. Poucas vezes vi um homem tão generoso. Jamais permitiremos que ele seja esquecido. #PauloFreireVive

Assista à homenagem de Lula a Paulo Freire e continue a leitura a seguir:

A prática didática de Paulo Freire fundamentava-se na crença de que o educando assimilaria o objeto de estudo fazendo uso de uma prática dia lética dialética com a realidade, em contraposição à por ele denominada educação bancária, tecnicista e alienante, onde o educando criaria sua própria educação, fazendo ele próprio o caminho, e não seguindo um já previamente construído. Libertando-se de chavões alienantes, o educando seguiria e criaria o rumo do seu aprendizado.

Freire destacou-se por seu trabalho na área da educação popular, voltada tanto para a escolarização como para a formação da consciência política. Em seu livro Pedagogia do Oprimido, o Patrono propõe um método de alfabetização dialético que se diferenciou do “vanguardismo” dos intelectuais de esquerda tradicionais.

Paulo Freire sempre defendeu o diálogo com as pessoas simples, não só como método, mas como um modo de ser realmente democrático. Trata-se da terceira obra mais citada em trabalhos acadêmicos da área de humanas em todo o mundo.

O filósofo foi o brasileiro mais homenageado da história, com pelo menos 35 títulos de Doutor Honoris Causa, de universidades da Europa e América, e recebeu diversos galardões como o prêmio da UNESCO de Educação para a Paz em 1986.

Em 13 de abril de 2012 foi sancionada a Lei nº 12.612, que declara o educador Paulo Freire Patrono da Educação Brasileira.

Segundo uma pesquisa envolvendo três estados brasileiros, Paulo Freire é o nome de escola mais comum.

Como surgiu Paulo Freire – Assista à história de sua vida contada por ele mesmo. Leia a descrição do vídeo a seguir:

A gravação foi realizada em 1985, envolvendo o Instituto de Artes e a Faculdade de Educação da Unicamp. O educador foi professor da Faculdade de Educação da Unicamp durante 10 anos, de 1981 a 1991, junto ao hoje denominado Departamento de Ciências Sociais na Educação (Decise), ministrando as disciplinas de educação e movimentos sociais.

Freire voltou do exílio em 1980, já ciente do interesse da Unicamp e da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) em contratá-lo, manifestado em carta enviado ao Ministério das Relações Exteriores.

Em 1981, mesmo sem contrato definitivo com a Unicamp, foi o mais votado para reitor pela comunidade acadêmica, na primeira eleição democrática em uma universidade brasileira. Seu nome, porém, foi ignorado pelo colegiado de diretores de unidades e representantes do governo estadual, e pelo então governador Paulo Maluf, que decidiu por José Aristodemo Pinotti, sob os protestos dos corpos docente e discente.

O educador, pedagogo e filósofo pernambucano solicitou sua exoneração em carta escrita de próprio punho ao reitor Carlos Vogt, em 4 de março de 1991. Ele justificou sua saída com a impossibilidade de acumular as aposentadorias na UFPE e Unicamp (que viria em poucos meses em decorrência da idade limite):

“Por mais amorosidade que sinta pela Unicamp, por mais honrado que me sentisse por ser seu professor aposentado, não seria sensato, nos tempos de hoje, ficar com 33.000 [de remuneração] desistindo de 246.000.”

Comente com o Face ou utilize a outra seção abaixo. Os comentários são de responsabilidade do autor e não têm vínculo com a publicação. Mantenha um bom nível de discussão, do contrário reservamo-nos o direito de banir seus perfis.
Compartilhe