“Vamos respeitar o resultado das eleições, esqueça da gente”, disseram militares a membros da cúpula do PT

Há “grande incômodo” entre parte dos militares sobre questionamento que envolvem o processo eleitoral, em sintonia com o presidente Bolsonaro

Interlocutores de Lula junto a militares afirmaram recentemente que o alto escalão se pronunciou dizendo: “vamos respeitar o resultado das eleições, esqueça da gente”. 

O alto comando deixa claro que não querem ser envolvidos na disputa eleitoral, diz a coluna de Bela Megale, no jornal O Globo.

Segundo o texto, os militares dizem que “há “grande incômodo” entre parte dos militares sobre a atuação do Ministério da Defesa nos questionamento que envolvem o processo eleitoral, em sintonia com o presidente Bolsonaro“.

“Citações diretas do ex-presidente aos militares “não trazem benefício a nenhum dos lados”, avalia o alto comando, acrescentando que “o ideal seria que o petista ficasse longe de polêmicas”. 

A jornalista lembrou que LULA disse em um evento em Aracaju, na semana passada, que fica “triste” com a relação entre Bolsonaro e as Forças Armadas, segundo a transcrição de sua fala, feita a seguir:

Eu fico triste, [senador Jacques] Wagner, você foi ministro da Defesa. Fico triste quando vejo as Forças Armadas batendo continência para um cara que foi expulso do Exército brasileiro por mau comportamento. Não é possível“, afirmou.

Siga Urbs Magna no Google Notícias
Comente

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.