“Tudo não passa de blefe para disfarçar sua agonia”, diz Noblat sobre falas de Bolsonaro

06/05/2021 0 Por Redação Urbs Magna

“Presidente ataca a China, fala em baixar decreto que contraria decisão da Justiça”, mas “ameaças de golpe se voltam contra ele”

Ricardo Noblat diz, em sua coluna Blog do Noblat, no Metrópoles: “Perca tempo, não, dando trela a Bolsonaro só porque ele voltou a atacar a China com a história velha, requentada, de que o vírus da Covid-19 é chinês, criado em laboratório chinês e exportado pelos chineses para os demais países, uma potente arma da guerra biológica e química silenciosamente travada no planeta. Nem dê trela porque ele ameaçou outra vez baixar um decreto para confrontar a decisão do Supremo Tribunal Federal que reconheceu a validade das medidas de isolamento social adotadas por governadores e prefeitos no combate à pandemia, uma vez que o governo federal negou-se a fazê-lo lá atrás”.

Para o jornalista, “falta poder a Bolsonaro para bancar tais coisas contra a democracia e o Estado de Direito no Brasil. A Constituição não lhe dá respaldo. A Justiça, por tabela, não dará. Em abril de 1964, os militares disseram sim ao golpe. Em abril último, quando Bolsonaro demitiu os comandantes das três Armas, disseram não”.

Foi Bolsonaro, ontem, o golpeado quando o presidente americano Joe Biden anunciou a posição favorável do seu governo à quebra de patentes das vacinas. Para o coordenador do Centro de Relações Internacionais em Saúde da Fiocruz, Paulo Buss, a mudança de posicionamento dos Estados Unidos foi “surpreendente e histórica“.

Leia mais no Metrópoles.

Comente