Tag: Reforma da Previdência

Bolsonaro paga o preço da antipolítica com juros e correção – Governo tropeça na reta final da Previdência e perde controle da própria pauta

Por Redação Urbs Magna

O governo achou que estava fazendo um baita negócio ao terceirizar para o Congresso a aprovação da reforma da Previdência. Abriu mão de fazer articulações e conquistar votos, mas conseguiu fazer avançar uma matéria difícil, mesmo assim. Agora, a fatura da omissão chegou

Anúncios

Reforma da Previdência é aprovada pelo Plenário do Senado

Por Redação Urbs Magna

O texto aprovado por 56 votos favoráveis contra 19 votos contrários pelo plenário mantém as regras principais estabelecidas pelo projeto aprovado na Câmara, como a idade mínima de aposentadoria de 65 anos para homens e 62 anos para mulheres.

Para a oposição, a PEC prejudica os mais pobres. “Temos que deixar claro que o trabalhador de baixa renda está sendo, sim, atingido”, afirmou o senador Weverton (PDT-MA). Já senadores que votaram a favor da proposta chegaram até mesmo a admitir, apesar do voto, que a reforma da Previdência retirará benefícios. “Essa é uma reforma de sacrifício”, disse Alvaro Dias (Podemos-PR), um dos defensores da proposta. Eduardo Braga (MDB-AM), outro que votou a favor, disse que sentiu “desconforto” com as medidas “amargas” do texto.

Veja também: Greta, ativista ambiental de 16 anos, é criticada pelo homem mais rico da Europa
Já Renan Calheiros (MDB-AL) disparou: “Saibam os senadores que estão votando um texto mal redigido na Câmara dos Deputados”.

A proposta precisará, ainda, ser votada em segundo turno – são necessários dois terços (49 de 81 senadores) para aprovar definitivamente a matéria. Esta sessão, no entanto, ainda não tem data marcada para ocorrer.

Os senadores analisam agora 10 destaques que visam alterar pontos da proposta.

Bolsonaro e Maia garantem com toma lá, da cá ação para aprovar reforma da Previdência em 2º turno

Por Redação Urbs Magna

A crise política provocada pelas declarações agressivas de Bolsonaro contra Felipe Santa Cruz, ironizando com o assassinato do preso político Fernando Santa Cruz, pai do presidente da OAB, ainda não comprometeu a votação da reforma da Previdência em segundo turno; o conchavo entre o ocupante do Planalto e o presidente da Câmara RFodrigo Maia tem funcionado com esta finalidade, apesar das divergências políticas entre ambos

Presidente do PDT responde críticas de Tabata e diz que ela defende uma “democracia da conveniência”

Por Redação Urbs Magna

“Se ela acha que a esmagadora decisão de uma convenção nacional de mais de 500 membros, em que ela estava presente, não é democrática, quero saber o que ela acha que é. É ouvir o Jorge Paulo Lemann?”, criticou Carlos Lupi

Traidora do povo, Tabata Amaral ainda diz: “com a formação que eu tenho, consigo emprego onde eu quiser”

Por Redação Urbs Magna

Depois de votar contra os trabalhadores na Reforma da Previdência, deputada federal diz não se importar se, com isso, se tornar “impopular e não for reeleita” para um segundo mandato; “Com a formação que eu tenho, consigo emprego onde eu quiser. Eu volto a trabalhar e continuo o ativismo de outros lugares”