Tag: Queiroz

Acharam o Queiroz: Morando em bairro luxuoso de SP, e um pouco mais magro, web repercute seu paradeiro

Por Redação Urbs Magna

O ex-motorista e assessor de Flávio Bolsonaro, Fabrício Queiroz, que se envolveu em um escândalo de movimentação de R$ 1,2 milhão, finalmente reapareceu, ocasionando um bafafá na web.

Anúncios

Flávio Bolsonaro deixa claro que ele é quem vai mandar na PGR

Por Redação Urbs Magna

Envolvido no caso Queiroz, o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) falou em primeira pessoa ao se referir à indicação do novo Procurador-Geral da República. “Vou botar um petista na Procuradoria?” – questionou, como se ele estivesse investido de poderes para designar o chefe do Ministério Público Federal

“Encontram ‘hackers’, mas não o Queiroz”, diz Glenn a Sergio Moro ironizando PF

Por Redação Urbs Magna

O jornalista Glenn Greenwald reagiu com ironia à operação da Polícia Federal que prendeu quatro pessoas suspeitas de envolvimento na suposta invasão do telefone do ministro Sérgio Moro; “Não é interessante que a PF tenha supostamente encontrado um grupo do que Moro alegou serem hackers altamente sofisticados tão rapidamente, mas ninguém consegue encontrar Queiroz?”, questionou Greenwald pelo Twitter

Sergio Moro é pressionado pela Globo sobre casos Queiroz e laranjal do PSL

Por Redação Urbs Magna

“O governo Bolsonaro tem méritos ao criar a pasta da Justiça e da Segurança Pública, entregue a Moro, para enfrentar a corrupção e a criminalidade organizada de forma geral, num trabalho coordenado com toda a Federação. Mas não pode fingir que nada acontece ao seu redor”, aponta editorial do Globo, que coloca o ministro Sergio Moro em rota de colisão com o chefe Bolsonaro

Tsunami: Mais de 10 anos de corrupção do clã Bolsonaro é descoberto e é avassalador

Por Redação Urbs Magna

A abrangência da quebra dos sigilos fiscal e bancário do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) chamou a atenção de políticos e magistrados que observam, de longe, o desenrolar das investigações no Rio. Integrantes de órgãos de controle chamaram de “avassaladora” a devassa de mais de dez anos nas contas do filho do presidente, de sua mulher e de mais de 80 ex-funcionários, entre eles Fabrício Queiroz. A amplitude do material indica apuração de vida muito longa —e várias ramificações.