Tag: Polícia Federal

“[Sou inocente!]”: Bebianno diz que laranjas são culpa dos diretórios do PSL

Por Redação Urbs Magna

A Polícia Federal apura a denúncia de que os recursos do fundo seriam destinados a candidatas “laranjas” em Pernambuco. Bebianno era presidente do partido durante a campanha eleitoral. “Reafirmo que não fui responsável pela definição das candidatas de Pernambuco que foram beneficiadas por recursos oriundos do PSL Nacional”, afirmou.

Anúncios

Bolsonaro pode demitir Bebianno (PSL) da Secretaria-Geral da Previdência, após comentário de seu filho Carlos

Por Redação Urbs Magna

Em entrevista à TV Record, Jair Bolsonaro (PSL) reconheceu a possibilidade de demissão do ministro da Secretaria-Geral da Presidência Gustavo Bebianno (PSL), envolvido em esquema de candidaturas laranja e em desvio de verba partidária dentro do PSL. Bolsonaro disse que determinou a Polícia Federal – órgão submetido ao Ministério da Justiça de Sérgio Moro – a abertura de investigação contra Bebianno e ressaltou que Moro tem “carta branca para apurar qualquer caso de crme contra corrupção e lavagem de dinheiro.”PUBLICIDADE

Paranóia de atentados faz segurança de Sergio Moro ser reforçada. Lula, andava nos braços do povo – quem não deve não teme

Por Redação Urbs Magna

O presidente Jair Bolsonaro pediu à Polícia Federal reforço na segurança pessoal de Sérgio Moro; o texto, assinado por Bolsonaro e publicado em edição extra do Diário Oficial da União, diz: “diante de informações sobre situações de risco decorrentes do exercício do cargo de titular do Ministério da Justiça e Segurança Pública, determino à Polícia Federal providências no sentido de garantir, diretamente ou por meio de articulação com os órgãos de segurança pública dos entes federativos, a segurança pessoal do Ministro de Estado da Justiça e Segurança Pública e de seus familiares”

Atentado terrorista na posse de Bolsonaro: ameaça é descoberta e investigada pela Polícia Federal

Por Redação Urbs Magna

A Polícia Federal (PF) investiga um grupo que se autodenomina terrorista e ameaçou promover um atentado na posse do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), em 1º de janeiro. As apurações começaram com a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), que busca os responsáveis por colocar uma bomba ao lado da igreja Santuário Menino Jesus, no centro de Brazlândia, na madrugada de terça-feira (25/12), dia de Natal. O artefato foi desarmado pela Polícia Militar.