Tag: MPF

MPF pede volta do comercial do BB, acusa Governo Bolsonaro de racismo e homofobia, e aplica multa de 51 milhões

Por Redação Urbs Magna

O Ministério Público Federal do Rio Grande do Sul acusou a União de homofobia e racismo por ter retirado do ar a propaganda do Banco do Brasil com atores e atrizes negros e personagem transexual. O órgão pediu a volta da veiculação da peça e pagamento de danos morais coletivos de R$ 51 milhões.

Anúncios

Enfim, Deltan Dallagnol falou: “Fundação Lava Jato foi ordem dos EUA”. Isso prova que a CIA orquestrou o Golpe 2016 e que Moro perseguiu Lula, que deve ser solto já

Por Redação Urbs Magna

O coordenador da Lava Jato no MPF, Deltan Dallagnol disse que a criação da fundação bilionária que receberia R$ 2,5 bilhões da Petrobrás atendeu a uma exigência dos Estados Unidos que, segundo ele, condicionaram que a Petrobrás não administrasse o dinheiro; “Esse recurso não poderia ser transferido para a União, ficar com a Petrobrás, não poderia ser transferido para o MP. Em nenhuma das hipóteses o dinheiro ficaria no Brasil”, disse Deltan, que irá responder ao Conselho Nacional do Ministério Público pela medida 

Mais escândalo bolsonarista: Damares Alves sequestrou criança indígena de aldeia e será processada e punida

Por Redação Urbs Magna

A descoberta de que a ministra de Direitos Humanos de Jair Bolsonaro tirou uma criança de seis anos de sua comunidade indígena, sem o consentimento dos pais e dos integrantes da aldeia, pode torná-la investigada por violação de direitos das crianças e adolescentes. “O Ministério Público deve abrir um inquérito civil público e um inquérito policial para apurar o que aconteceu”, disse a deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ). “Parece mais um sequestro do que propriamente uma adoção”, reforça Ivan Valente (Psol-SP)

Delação de Sérgio Cabral leva estresse inédito ao sistema judicial do Rio de Janeiro

Por Redação Urbs Magna

A opção de Sérgio Cabral – ex-governador do Rio condenado a 197 anos de prisão – em fazer delação premiada e apontar nomes dentro do Ministério Público ligados a esquemas de corrupção, leva estresse inédito ao sistema judicial do Rio de Janeiro. O advogado João Bernardo Kappen, o MPF (Ministério Publico Federal) e a Procuradoria-Geral da República iriam negociar os termos, mas outro escritório vai assumir o caso. Não foi a única baixa. O advogado Rodrigo Roca, que assumiu as ações em meados de 2017, resolveu também deixar o caso.