Ministério da Justiça

Paranóia de atentados faz segurança de Sergio Moro ser reforçada. Lula, andava nos braços do povo – quem não deve não teme

O presidente Jair Bolsonaro pediu à Polícia Federal reforço na segurança pessoal de Sérgio Moro; o texto, assinado por Bolsonaro e publicado em edição extra do Diário Oficial da União, diz: “diante de informações sobre situações de risco decorrentes do exercício do cargo de titular do Ministério da Justiça e Segurança Pública, determino à Polícia Federal providências no sentido de garantir, diretamente ou por meio de articulação com os órgãos de segurança pública dos entes federativos, a segurança pessoal do Ministro de Estado da Justiça e Segurança Pública e de seus familiares”

Caiu a máscara de Juiz Federal do Golpista Sergio Moro perante o mundo inteiro – imprensa está falando mal

Mais um escândalo que nós (dotados com boa cognição) teremos que engolir calados, mas que a mídia internacional (que não se vendeu para o Golpe 2016) está alardeando pelos 4 cantos do planeta: Publicaram que Sergio Moro é o Juiz mais partidário que já existiu na História da Humanidade, tendo sido a prisão de Lula uma jogada do imenso tabuleiro de xadrez político em que se tornou o Brasil. Só o brasileiro não enxerga.

Moro e o ‘lawfare’ que deu certo pra ele: juiz perseguiu Lula, adversário político, e será premiado com Ministério da Justiça

O juiz que prendeu Lula e o impediu de disputar as eleições, que o ex-presidente venceria em primeiro turno, vai nesta quinta (1) ao encontro de Jair Bolsonaro para aceitar o convite de ser ministro da Justiça. Será um estágio para depois ser ministro do Supremo Tribunal Federal. De forma didática, Moro comprova como funciona o lawfare: um juiz persegue um adversário político seu e da direita nacional e, em seguida, é premiado.