Tag: Mídia

Frágil e fraco, Moro só cresceu às custas de Lula. E agora, criticado nas mídias, ele vai deixar o Ministério da Justiça?

Por Redação Urbs Magna

Fragilidade política de Moro é escancarada em editoriais da Folha e Estadão

Anúncios

Mourão é ‘o cara’. Bolsonaro que se cuide: Mídia lapida o presidente ideal. A mídia ninguém segura

Por Redação Urbs Magna

Bolsonaro expõe sua briga com Mourão, que até então transcorria sob as cortinas do Governo e longe dos holofotes da mídia matreira, e retira o nome de seu vice, pela primeira vez na história, de uma mensagem oficial do Congresso. Isso é grave! Ciúme?

BOLSONARO tuíta: “…ministérios não [terão]…condenados por corrupção” (mas quem teve o processo engavetado pode?)

Por Redação Urbs Magna

Jair Bolsonaro anunciou via Twitter que a composição de seus ministérios será feitas apenas com nomes que não foram condenados. Só que os maiores crimes de corrupção foram ocultados do público e deixados de lado pela justiça do golpe.

TOFFOLI DIZ QUE LULA NÃO VAI DAR ENTREVISTA COISÍSSIMA NENHUMA. LEWANDOWSKI CONSENTE E SE CALA

Por Redação Urbs Magna

O presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, decidiu, mais uma vez, censurar a imprensa e silenciar o ex-presidente Lula, afrontando decisão do Comitê de Direitos Humanos da ONU; provocado por uma nova decisão do ministro Ricardo Lewandowski, em defesa da liberdade de expressão, Toffoli despachou pedindo para que fosse cumprida liminar do ministro Luiz Fux, que proibiu entrevistas de Lula; embora o comitê da ONU tenha garantido os direitos políticos de Lula e também de conceder entrevistas, ele foi proibido de votar, de ser votado e também de falar ao povo brasileiro que seu candidato é Fernando Haddad

NOS EUA, DONOS DA GLOBO SERIAM PRESOS – É O QUE FICOU CLARO NA FALA DE NOAM CHOMSKY SOBRE A MÍDIA PIG

Por Redação Urbs Magna

Em São Paulo, o filósofo norte-americano afirmou que os governos de centro-esquerda latino-americanos criaram um ambiente de total liberdade para a imprensa que os criticava, algo que, segundo ele, jamais aconteceria nos EUA: “Com sorte os editores seriam presos”

MÍDIA ATACA HADDAD PORQUE ELE É LULA E GANHA UM ATESTADO DE BURRICE AO FAVORECÊ-LO

Por Redação Urbs Magna

Desnorteados com o favoritismo de Fernando Haddad na disputa presidencial, os meios de comunicação e colunistas alinhados com o golpe de 2016 começaram a atacá-lo pelo ponto que é visto pelo eleitor como sua maior qualidade: a conexão com o ex-presidente Lula; em editorial, o Estado de S. Paulo diz que a Haddad é um “candidato postiço”, enquanto Miriam Leitão, no Globo, afirma que Haddad será um presidente tutelado a partir de uma cela em Curitiba; ora, é exatamente este o desejo do povo brasileiro: ser governador por Lula – o que só não está sendo possível porque ele é alvo de uma prisão política, sem provas, há mais de cinco meses.