Homenagem ao Professor Michel Temer: PMDB fará pesquisas com os brasileiros

TEMER 2018

Eles seriam capazes de lançar essa campanha para o próximo ano?

O Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) ao qual pertence o ilegítimo, usurpador e mais rejeitado presidente de todos os tempos, Michel Temer, está idealizando alguns questionários a serem introduzidos em pesquisas qualitativas que serão realizadas até o fim de 2017.

A ideia é realizar um levantamento de opiniões ainda este ano com vistas para as eleições de 2018, pois na condição de piloto do governo mais impopular que os brasileiros já testemunharam, o PMDB deseja analisar e entender o que o povo pensa sobre os mais variados assuntos.

Os temas, que variarão desde conectividade social a relacionamentos homoafetivos, trarão respostas à cúpula peemedebista inerentes à interação com o eleitorado objetivando decisões conjuntas para os melhores caminhos a serem seguidos no incógnito ano vindouro, além de que serão testados nomes eventuais para a disputa de “assentos” nos estados.

As alianças já estão sendo especuladas.

Anúncios

[vídeo] Após detonar o Brasil, Temer roga a Deus por “dias melhores” no dia de Nsa Sra Aparecida

2

VEJAM que CARA de PAU!

No dia da Padroeira, o presidente fez pronunciamento nas redes sociais dizendo que SE UNE AO POVO, neste dia, rogando a Deus por “dias melhores” no Brasil.

 


Hoje, em todo Brasil, milhares de fiéis prestam sua homenagem à Nossa Senhora.
Por meio de orações, em peregrinações e em tantos outros gestos de devoção mostram a força da fé e dão vida ao espírito de paz, solidariedade e concórdia que nos inspira como sociedade e como país.
Nos unimos aos romeiros, aos devotos e devotas de Nossa Senhora da Conceição Aparecida rogando a Deus por dias melhores para todas as famílias do Brasil.”

Muitos internautas responderam que se sentiram ofendidos e que associaram a atitude de Temer como a de um faraó da antiguidade que explora o povo com impostos e redução de direitos, exigindo mais trabalho.

Temer enterra a Educação e jamais será superado como pior presidente do Brasil

Temer enterra a educação no Brasil

O tripé fundamental para garantir o futuro de qualquer nação está sendo desmontado pelo governo Michel Temer: educação, ciência e tecnologia e cultura.

Durante os governos Lula e Dilma, essas três áreas tiveram papel central nas políticas públicas, com alcance e investimentos superlativos. Infelizmente, em pouco mais de um ano do governo que assumiu o controle do país por um golpe parlamentar, tudo desmorona a olhos vistos.

Temer despreza a soberania nacional e abre mão de ações de longo prazo que permitam a superação de nosso atraso e das históricas injustiças sociais.

Para tratar deste tema, as bancadas do PT na Câmara e no Senado, a Fundação Perseu Abramo e a Escola Nacional de Formação Política do partido realizaram o Seminário Educação Pública, Desenvolvimento e Soberania Nacional, na segunda-feira (9), em Brasília.

O objetivo foi debater o legado das gestões petistas na educação, assim como os desafios para a área frente aos retrocessos impostos pelo governo Temer. O ex-presidente Lula encerrou o seminário.

Ao contrário do que entendem os que hoje estão no comando do Planalto, a área de educação é fundamental para o desenvolvimento de qualquer país, mas mesmo assim sofre visíveis retrocessos.

Nos nossos governos, o orçamento do MEC saltou de R$ 16 bilhões em 2002 para mais de R$ 100 bilhões em 2016. Os investimentos foram realizados de forma abrangente, da creche à pós-graduação.

O  Plano Nacional de Educação foi alçado à condição de instrumento de planejamento de Estado. O País passou a investir mais de 6% do PIB em educação.

Mas Temer, com cortes e vetos aos programas de educação, quer voltar ao passado. O Congresso deve analisá-los e esperamos que sejam derrubados.

Na educação básica, com os governos do PT, ampliamos o acesso à escola: de 0 a 3 anos passamos de 14% (2002) para mais de 30%. Na faixa de 4 e 5 anos, os percentuais avançaram de 67% (2002) para mais de 90%.

A percentagem de jovens que concluíram o ensino fundamental foi de 50% (2002) para 76% (2015).  Integram este esforço o ProInfância, o Brasil Carinhoso, os Programas Caminho da Escola e Mais Educação.

Foi resgatado o ensino técnico por meio do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego. Mais de oito milhões de alunos em cursos técnicos em mais de 4.300 municípios foram atendidos.

Em 2002, o país tinha 16.505 cursos de graduação e 3,4 milhões de matrículas de educação superior. Em 2015, eram 32.878 cursos e 8,5 milhões de estudantes. Esse foi o período de maior expansão da educação universitária da história do Brasil.Com o Prouni, foram concedidas 2,4 milhões de bolsas, beneficiando mais de 1% da população.

Temer quer acabar com tudo. Recentemente, deixando clara a natureza autoritária do governo atual, foram extintos o Fórum Nacional de Educação e as conferências nacionais. Destruíram-se importantes espaços de diálogo e participação social no setor. Trata-se de apenas uma opção ideológica, para destruir a construção coletiva dos últimos anos. É um ataque a direitos fundamentais da sociedade.

A área de ciência e tecnologia está sendo atacada por Temer de forma tão tacanha que 22 cientistas do mundo, todos Prêmio Nobel da área, enviaram-lhe uma carta para denunciar o descalabro que é a destruição de um setor vital para o futuro do País.

Esquece o governo atual que foram as Universidades e Institutos de Pesquisa que  tornaram o Brasil um celeiro de alimentos. Foi graças a essas parcerias, junto com a Petrobras, que descobrimos o pré-sal.

Estabelecemos o regime de partilha para o pré-sal, para que 75% dos royalties fossem destinados à educação e a saúde, para o Brasil dar um salto em seu desenvolvimento. Mas até isto o governo golpista destrói, para entregar nosso petróleo às petrolíferas estrangeiras a preço de banana.

Hoje, pensa-se em até tirar Paulo Freire como patrono da nossa educação; isso é o mesmo que querer enterrar nossa educação! Cabe a todos os setores democráticos e progressistas reagir contra os atuais desmandos.

Não podemos aceitar que Brasil regrida e se torne um país desimportante, mero produtor de matérias primas. Nosso povo tem capacidade de criação extraordinária e, com uma educação fortalecida e libertadora, poderemos nos transformar num país justo e desenvolvido. Não podemos retroceder.

URGENTE: Temer vai ser operado devido a problema de saúde

4

Temer tem obstrução na artéria coronária e passará por cateterismo

Desobstrução está prevista para ser realizada após a votação da denúncia na Câmara.

O jornal G1 publicou agora a pouco que o Presidente da República Michel Temer está com uma obstrução parcial em uma artéria coronária e deverá ser submetido a um cateterismo nos próximos dias.

Segundo a TV Globo, Temer chegou a estudar a realização do procedimento na última sexta-feira (6). Ele, porém, optou por adiar o procedimento de desobstrução da artéria para depois da votação pela Câmara dos Deputados da denúncia por organização criminosa e obstrução de Justiça.

A votação deve ocorrer até o fim do mês. Procurado, o Palácio do Planalto declarou que Temer goza de perfeita saúde. E acrescentou que, nos exames, “não foi constatado nem reportado ao presidente nenhum problema”.

A assessoria da Presidência disse ainda que, se houver alguma informação diferente da oficial, a pessoa credenciada a falar sobre o assunto é o médico particular do presidente, Roberto Kalil Filho. Ele não quis se manifestar sobre o assunto.

Temer cai ou não cai? Contagem regressiva!

Pertencente ao clã Andrada, o pentaneto do Patriarca da Independência José Bonifácio de Andrada e Silva irá apresentar o relatório da segunda denúncia contra o presidente, desta vez por obstrução de Justiça e organização criminosa.

Marcada para 10 horas, há chance de atraso pois o relator disse na noite de ontem que poderia pedir a remarcação caso não conseguisse terminar o texto.

Michel Temer tem pressa de fazer tramitar a denúncia para que seja possível aprovar, em tempo recorde, a reforma da Previdência. Consultores políticos apostam que o governo deve aprovar ao ao menos a fixação da idade mínima de 62 anos para mulheres e 65 para homens e alguma regra de transição somente no mês de novembro.

Tudo indica que a decisão de Bonifácio será de cooperação pelo arquivamento da denúncia, o que contraria os 89% de entrevistados pelo Datafolha que gostariam de ver a denúncia chegar ao Supremo Tribunal Federal, segundo pesquisa divulgada no início do mês.

Andrada, com 87 anos e 10 mandatos de experiência, não deve se dobrar à pressão popular. O governo quer enterrar a denúncia até o fim do mês. Para isso, precisa passar por uma maratona: até 132 deputados podem falar por 15 minutos na Comissão de Constituição e Justiça.

Depois, a denúncia vai a plenário. A oposição vai tentar fatiar a votação de Temer e dos ministros envolvidos. O planalto quer um grande pacotão da redenção. Temer passou o dia de ontem reunido com congressistas. Até o fim do processo, sua rotina não muda.

O Brasil jamais se livrará de Lula

“Não há muita gente disposta a se sacrificar pelo que é certo, e muito menos gente que irá proteger e respeitar a humanidade de outros. Para esses, tirando comida e água não é necessário dignidade para sobreviver.”

A frase é atribuida duvidosamente a Saitou Hajime, um samurai japonês que morreu aos 71 anos de idade em 1915 tendo sobrevivido a inúmeras guerras e se tornado muito popular por sua técnica favorita, a Gatotsu, apresentada em uma série fictícia da atualidade em mangá e anime.

Entretanto, essa mesma frase poderia definir o teor do que vai no pensamento coletivo cotidiano, em se tratando da política em nosso querido Brasil. E sou convicto ao afirmar que se saísse da boca de Lula seria fundida à sua própria imagem e sua autoria seria atribuída a ele, precursor do lulismo, durante uma campanha qualquer ou pelas muitas passagens de sua caravana.

Os resultados das pesquisas do Datafolha que revelaram sua ascensão não podem ser atribuídos somente aos pobres e às classes menos favorecidas. É impossível que nessa imensidão de país não haja sensatez onde há prosperidade. Reluto em aceitar que parte do povo brasileiro tenha perdido elementos valiosos de seu caráter ao serem orientados por políticos neoliberais. Os números dessa generalização só pode estar sendo muito bem orientados por interesses conhecidos por todos nós.

Eles sonham até em retirar as fotografias dos petistas da galeria oficial de todos os presidentes, localizado no Palácio do Planalto.  E o fariam se pudessem. Mas isso não resolveria. Antes, teriam que desintegrar a imagem do homem que mudou para sempre a História do Brasil. Pois Lula se tornou uma filosofia, exatamente como ele próprio afirmou esta semana: 

“O Lula não é o Lula. O Lula é uma ideia. O Lula é uma ideia assumida por milhões de pessoas. E eles não sabem que o Lula já renasceu em milhões de mulheres e homens.”

 

Temer veta censura à internet em sanção da reforma política que regulamenta fundo público de 1,7bi para campanhas

O presidente Michel Temer (PMDB) sancionou nesta sexta-feira o projeto de lei da reforma política, cuja votação foi concluída no Congresso nesta quinta-feira. Entre as medidas sancionadas está a regulamentação do fundo público de 1,7 bilhão de reais que será usado para financiar campanhas em 2018, mas Temer também vetou alguns artigos. Dentre eles está a emenda que previa censura prévia na internet durante as eleições.

A medida determinava que a simples denúncia feita por qualquer usuário da internet ou de redes sociais contra “informações falsas ou ofensa em desfavor de partido ou candidato” obrigaria os sites a suspenderem o conteúdo em até 24 horas, mesmo sem uma decisão judicial, por meio da qual é viabilizada hoje através de artigo que trata de “propaganda na internet” por candidatos e partidos nas eleições.