Tag: Esquerda

CRIMINALIZAR FAKE NEWS É UMA PÉSSIMA IDEIA – A mamadeira de piroca venceu

Por Redação Urbs Magna

The Intercept avalia que a lei de criminalização de notícias falsas pode ser utilizada pela direita para, covardemente, abater seus opositores

Anúncios

Assista ao vídeo em que Eduardo Bolsonaro diz “se esquerda radicalizar resposta pode ser novo AI-5” – Rodrigo Maia rebateu com nota classificando como “repugnante”

Por Redação Urbs Magna

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente Jair Bolsonaro , afirmou que caso haja uma radicalização da esquerda a resposta pode ser via “um novo AI-5 “, que afronta a Constituição de 1988. A declaração foi dada em entrevista à jornalista Leda Nagle , publicada em um canal do Youtube na manhã desta quinta (31) – O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), qualificou como “repugnantes” as declarações

Anotem aí: “de hoje em diante, ninguém mais vai querer ouvir falar em Bolsonaro. A tendência será sua derrocada: a priori, a direita acabou com a Argentina em 4 anos e no Chile o barco já começa a naufragar”

Por Dino Barsa

No ano passado, em um domingo como esse, o sujeito que acabou se tornando presidente discursava por áudio para a Av. Paulista lotada dizendo que iria mandar a petralhada à Ponta da Praia, local de tortura e execução dos opositores à Ditadura Militar. Nunca se esqueçam quem ele é, escreveram no Twitter hoje (20)

Bolsonaro quebra decoro novamente e posta vídeo sobre seu plano para “acabar com o cocô” no Brasil

Por Redação Urbs Magna

Jair Bolsonaro quebrou o decoro mais uma vez e postou em sua conta oficial no Twitter um vídeo no qual ele voltou a falar em cocô. Ao discursar nesta quarta-feira (14), na Paraíba, ele faz referência aos comunistas como “cocô do Brasil” e que a intenção dele é “acabar com todos”. Noutro trecho, disse que “o caminho do Brasil é um só: um só povo, uma só raça, uma só bandeira verde-amarela”

VÍDEO: “O cocô é essa raça de corruptos e comunistas”, diz Bolsonaro em discurso, assumindo papel de ditador e falando em ‘acabar’ e ‘varrer’ a esquerda do Brasil – ASSISTA

Por Redação Urbs Magna

Em um discurso típico de ditador, durante ato na cidade de Parnaíba, no Piauí, Jair Bolsonaro falou em “acabar” com os comunistas e “mandar essa cambada” para a Venezuela ou para Cuba; “O cocô é essa raça de corruptos e comunistas. Nas próximas eleições, vamos varrer essa turma vermelha do Brasil”, atacou; para o PSOL, “Bolsonaro adere à mesma fórmula usada pelas ditaduras latino-americanas, pelo nazismo, pelo macartismo”