Tag: Escola sem partido

Bia Kicis (PSL), recém-chegada à Câmara, reapresenta o projeto de lei Escola sem Partido e fala que Jean Wyllys é “extremamente covarde”

Por Redação Urbs Magna

Eleita para o seu primeiro mandato na Câmara, a deputada federal Bia Kicis (PSL-DF) gosta de polêmicas. Logo após a posse, reapresentou o projeto conhecido como Escola sem Partido. Justificou que, depois de ele ter sido arquivado na Casa, ela trouxe alterações significativas à proposta.

Projeto da “Escola sem Partido”, a ‘Lei da Mordaça’, é derrotado na Câmara dos Deputados

Por Redação Urbs Magna

Foram quase três horas de obstrução até o presidente do colegiado, deputado Marcos Rogério (DEM-RO), jogar a toalha e encerrar os trabalhos da comissão especial que analisa o projeto que ficou conhecido como Escola Sem Partido (PL 7180/14). Após seis semanas tentando votar o relatório do deputado Flavinho (PSC-SP) e enfrentando dura obstrução da Oposição, o parlamentar reconheceu o trabalho dos deputados contrários à matéria e criticou a ausência de seus aliados no colegiado.

Luta para barrar ‘Escola sem Partido’ manterá obstrução até julgamento de projeto semelhante, pelo STF, na quarta (28).

Por Redação Urbs Magna

Oposição segue lutando para barrar o Escola sem Partido. Parlamentares contrários ao Escola sem Partido prometem manter obstrução até o julgamento de projeto semelhante, pelo Supremo Tribunal Federal (STF), nesta quarta-feira (28). Pedido de vista coletivo, feito na última reunião (22) da comissão especial que analisa o projeto, também impede o prosseguimento do debate.

Muita censura, na sessão vergonhosa para análise da Lei da Mordaça (ou Escola Sem Partido) pela comissão presidida pelo fascista Marcos Rogério (DEM-RO)

Por Redação Urbs Magna

Censura e arbitrariedades marcaram a reunião desta quinta-feira (22) da comissão especial que analisa o projeto conhecido como Escola Sem Partido (PL 7180/14). Em mais de cinco horas de bate-boca entre parlamentares apoiadores e contrários à matéria, o presidente do colegiado, Marcos Rogério (DEM-RO), atropelou regimento e deputados de Oposição para dar andamento ao texto.