Tag: Entrevista

Olha só: Todos com o c* na mão – Bolsonaro sabe que Lula pode voltar e foge de entrevista, ao ser questionado sobre o escândalo Moro/Dallagnol

Por Redação Urbs Magna

Bolsonaro encerra entrevista ao ser questionado sobre situação de Moro – Presidente mantém silêncio sobre mensagens entre ex-juiz e procurador da Lava Jato

Anúncios

Vídeo: “Moro não sobrevive na política”, diz LULA ao ‘El País’ e ‘Folha’ na entrevista mais esperada do ano

Por Redação Urbs Magna

Em entrevista aos jornalistas Florestan Fernandes Jr., do El País, e Mônica Bergamo, da Folha de S.Paulo, o ex-presidente Lula diz que “não consegue imaginar os sonhos que teve para o Brasil” para agora ver a situação como está, sob o governo Bolsonaro; o Brasil está sendo governado “por um bando de maluco”, disse; ele também fez duras críticas aos ministros e juízes que o condenaram, mas declarou que dorme com a consciência tranquila todos os dias; “Eu tenho certeza que o Dallagnol não dorme, que o Moro não dorme”, ressaltou; assista

LULA à Folha de SP: “O Brasil é governado por um bando de maluco” – A entrevista mais esperada desde a prisão em 2018

Por Redação Urbs Magna

O ex-presidente Lula afirmou nesta sexta-feira (26), em entrevista exclusiva concedida à Folha e ao jornal El País, que o Brasil está sendo governado por “um bando de maluco”. Depois de uma batalha judicial na qual a entrevista chegou a ser censurada pelo STF (Supremo Tribunal Federal), decisão revista na semana passada pelo presidente da corte, Dias Toffoli, o petista enfim recebeu os dois veículos, em uma sala preparada pela Polícia Federal na sede do órgão em Curitiba, onde está preso desde abril do ano passado.

Na TV, Flávio Bolsonaro dá explicações confusas e se afunda ainda mais na lama – Ainda tem mais: MP-Rio só mostrou a ponta do Iceberg

Por Redação Urbs Magna

Se a situação de Flávio Bolsonaro já era complicada, depois da entrevista esta noite para a TV Record ela se tornou insustentável. Só pessoas com déficit de inteligência podem acreditar na história que ele contou para justificar depósitos fracionados que totalizaram R$ 96 mil reais em sua conta, no período de um mês, entre junho e julho de 1997.Certos momentos da entrevista foram incompreensíveis, e o repórter, Lúcio Sturm, visivelmente não tinha autonomia para fazer os questionamentos pertinentes.