Tag: Ajuda Humanitária

Guaidó/Trump foram derrotados pelo povo fiel a Nicolás Maduro, diz jornalista da Venezuela que desmontou toda a farsa midiática da oposição

Por Redação Urbs Magna

Jornalista venezuelano desmonta farsa da mídia e aponta derrota de Guiadó e Trump – Em artigo sobre a crise, publicado neste sábado (23), no site Resumén Latino-Americano, o jornalista venezuelano Carlos Aznárez desmonta as tentativas da mídia internacional de gerar um grande fato no país, com a entrada da propalada “ajuda humanitária”.

Maduro manda recado a Bolsonaro: “Não quero sua esmola, eu compro tudo” – a pseudoajuda é um teatro para Guaidó entrar na Venezuela e tomar o petróleo

Por Redação Urbs Magna

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, disse neste sábado (23) que está disposto a comprar à vista as mercadorias que Jair Bolsonaro (PSL) enviou ao país caribenho a título de esmola.

URGENTE: Bolsonaro já poderia declarar guerra à Venezuela – Maduro controla o tráfego aéreo de Manaus e Bela Vista, jogando pesado com generais do Brasil, ao estilo Putin, e crise se agrava

Por Redação Urbs Magna

A crise Brasil/Venezuela se agrava cada vez mais – Nicolás Maduro jogou pesado com os generais brasileiros e, ao estilo Vladimir Putin, já demonstrou que não brinca com coisa séria, como o fazem os bolsonaristas.

Globo noticia que Maduro fecha a fronteira com o Brasil, mas é necessário barrar um velho truque dos EUA – reais culpados da falta de produtos na Venezuela

Por Redação Urbs Magna

O controle sobre as próprias fronteiras é o primeiro pressuposto para o exercício da soberania de qualquer país. Quanto à decisão do governo venezuelano de fechar temporariamente a fronteira com o Brasil, é importante assinalar que:

“Ajuda humanitária à Venezuela é cancerígena”, diz vice de Maduro

Por Redação Urbs Magna

Vice de Nicolás Maduro diz que ajuda humanitária à Venezuela é ‘contaminada, envenenada e cancerígena’ – Delcy Rodriguez ainda afirmou que o carregamento poderia ser considerado ‘armas biológicas’. Na terça, venezuelanos foram às ruas exigir que a entrada dos caminhões com alimentos e remédios.