Macri, o Bolsonaro argentino subserviente aos EUA, já leva quase metade da população urbana do país à pobreza

Pobreza nas cidades afeta 8,9 milhões de pessoas e avança em paralelo à subida da inflação, que chegou a 47,6% em 2018. Governo, que se elegeu com promessa de “pobreza zero”, diz que números “doem”.