Só dá Mandetta: mais popular que Moro e com apoio de 77%, o dobro de Bolsonaro

03/04/2020 1 Por Redação Urbs Magna
Compartilhe

Pesquisa Datafolha publicada nesta sexta-feira (3), na Folha e replicada pelo G1, mediu a avaliação do desempenho de Bolsonaro, dos governadores e do Ministério da Saúde, sob a batuta de Luiz Henrique Mandetta, na questão da crise do coronavírus. 1511 pessoas foram entrevistadas por telefone entre quarta-feira (1) e hoje em todas as Regiões brasileiras.

Jair Bolsonaro, presidente do Brasil, e Luiz Henrique Mandetta, Ministro da Saúde

A pesquisa foi realizada por telefone com 1511 pessoas entre quarta-feira (1º) e sexta-feira (3) em todas as regiões do país. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

Para a avaliação de Bolsonaro, os resultados foram: Ótimo/bom: 33% – Regular: 25% – Ruim/péssimo: 39% – Não sabe/não respondeu: 2%. No levantamento anterior, divulgado no dia 23 de março, a aprovação de Bolsonaro era de 35% e a reprovação era de 33%.

A avaliação do Ministério da Saúde ficom assim: Ótimo/bom: 76% – Regular: 18% – Ruim/péssimo: 5% – Não sabe/não respondeu: 1 %. No levantamento anterior, a aprovação do Ministério da Saúde era de 55% e a reprovação era de 12%.

Já na avaliação dos governadores, o Datafolha pesquisou também a avaliação sobre suas ações na crise e tiveram os seguintes resultados: Ótimo/bom: 58% – Regular: 23% – Ruim/péssimo: 16% – Não sabe/não respondeu: 2%. Na pesquisa anterior os governadores tinham aprovação de 54% e reprovação de 16%.

Outra pesquisa divulgada nesta sexta-feira (3) foi a do instituto XP Ipespe, que traz Mandetta com 68% de aprovação, superando o Ministro da Justiça e Segurança Pública que antes era o mais bem avaliado do governo Bolsonaro. A XP Ipespe diz ainda que os profissionais de saúde tem melhor avaliação no enfrentamento à crise do coronavírus, com 87% classificandos como ótimo ou bom.

Talvez seja por isso que Sérgio Moro “colou” na imagem do ministro Mandetta e, no alto de seu egoísmo, tenha se afastado do “Senhor Presidente” Jair Messias Bolsonaro“, diz Esmael Moraes em seu blog ao replicar informações da pesquisa da XP, que realizou 1.000 entrevistas de abrangência nacional, nos dias 30 e 31 de março e 1º de abril. A margem de erro é de 3,2 pontos percentuais.

Clique aqui para ler a íntegra da pesquisa XP Ipespe.

Telegram: Acesse e SIGA NOSSO CANAL

Comente com o Face ou utilize a outra seção abaixo. Os comentários são de responsabilidade do autor e não têm vínculo com a publicação. Mantenha um bom nível de discussão, do contrário reservamo-nos o direito de banir seus perfis.
Compartilhe