São Paulo já tem mais mortes que a China: 4.688 contra 4.634 da República Popular

16/05/2020 0 Por Redação Urbs Magna

Et Urbs Magna – As quatro mil, seiscentos e oitenta e oito mortes por covid-19 em São Paulo, divulgadas pelo Ministério da Saúde neste sábado (16) faz o estado superar a China, nesta data, em 54 pessoas a mais que perdem a vida pela doença, ao se comparar com a República Popular que tem hoje quatro mil seiscentos e trinta e quatro óbitos, de acordo com o Bing Covid.

Médicos em um hospital de Wuhan, China

Junte-se a 37.013 outros assinantes

O presidente Jair Bolsonaro, que faria pronunciamento neste sábado (16), desistiu de aparecer em cadeia nacional de rádio e televisão devido à indefinição de um ministro para a pasta da Saúde, conforme informou a Secretaria de Comunição do Planalto.

O chefe do executivo, que deveria andar alinhado com os governadores e prefeitos das principais cidades brasileiras, segue com sua ideia de flexibilização fora de hora, quando deveria pensar até mesmo em um ‘lockdown’ para tirar o Brasil do foco de coronavírus em que se transformou.

O governador do estado de São Paulo, João Doria, tem feito severas declarações sobre a indiferença do presidente do Brasil. Seus estímulos contra o isolamento social têm causado um relaxamento perigoso, especialmente na cidade paulistana.

Somente a cidade de São Paulo conta com aproximadamente 12,18 milhões de habitantes e o estado tem 44,08 milhões.

A Globo News fez a cobertura da situação de São Paulo. Veja abaixo:

Esta imagem possuí um atributo alt vazio; O nome do arquivo é ET-URBS-MAGNA-LARANJA-um2-1024x1024.png
TELEGRAM:
Acesse e siga NOSSO CANAL
Receba nossas Newslleters gratuitamente
Não tem o aplicativo? ACESSE AQUI e Saiba por que o TELEGRAM é 10 vezes melhor que o WHATSAPP

𝘊𝘰𝘮𝘦𝘯𝘵𝘦 𝘤𝘰𝘮 𝘴𝘦𝘶 𝘍𝘢𝘤𝘦𝘣𝘰𝘰𝘬 𝘰𝘶 𝘶𝘵𝘪𝘭𝘪𝘻𝘦 𝘢 𝘰𝘶𝘵𝘳𝘢 𝘴𝘦çã𝘰 𝘮𝘢𝘯𝘵𝘪𝘥𝘢 𝘢𝘣𝘢𝘪𝘹𝘰. 𝘖𝘴 𝘤𝘰𝘮𝘦𝘯𝘵á𝘳𝘪𝘰𝘴 𝘴ã𝘰 𝘥𝘦 𝘳𝘦𝘴𝘱𝘰𝘯𝘴𝘢𝘣𝘪𝘭𝘪𝘥𝘢𝘥𝘦 𝘥𝘦 𝘲𝘶𝘦𝘮 𝘰𝘴 𝘱𝘶𝘣𝘭𝘪𝘤𝘢 𝘦 𝘱𝘰𝘥𝘦𝘮 𝘯ã𝘰 𝘳𝘦𝘧𝘭𝘦𝘵𝘪𝘳 𝘢 𝘰𝘱𝘪𝘯𝘪ã𝘰 𝘥𝘰 𝘴𝘪𝘵𝘦. 𝘛𝘦𝘹𝘵𝘰𝘴 𝘷𝘶𝘭𝘨𝘢𝘳𝘦𝘴 𝘦 𝘥𝘪𝘴𝘤𝘶𝘳𝘴𝘰𝘴 𝘥𝘦 ó𝘥𝘪𝘰 𝘴ã𝘰 𝘥𝘦𝘴𝘯𝘦𝘤𝘦𝘴𝘴á𝘳𝘪𝘰𝘴 𝘱𝘢𝘳𝘢 𝘢 𝘤𝘰𝘯𝘴𝘵𝘳𝘶çã𝘰 𝘥𝘦 𝘶𝘮𝘢 𝘴𝘰𝘤𝘪𝘦𝘥𝘢𝘥𝘦 𝘤𝘪𝘷𝘪𝘭𝘪𝘻𝘢𝘥𝘢. 𝘕𝘦𝘴𝘵𝘦𝘴 𝘤𝘢𝘴𝘰𝘴, 𝘳𝘦𝘴𝘦𝘳𝘷𝘢𝘮𝘰-𝘯𝘰𝘴 𝘰 𝘥𝘪𝘳𝘦𝘪𝘵𝘰 𝘥𝘦 𝘣𝘢𝘯𝘪𝘳 𝘴𝘦𝘶𝘴 𝘱𝘦𝘳𝘧𝘪𝘴.