Reunião de Lula com russos é cancelada por pressão do governo Bolsonaro

03/05/2021 1 Por Redação Urbs Magna
O ex-presidente Lula e Kirill Dmitriev- diretor do Fundo Russo de Investimento Direto | Sobreposição de imagens

O ex-presidente chegou hoje a Brasília, juntamente com alguns membros do Partido dos Trabalhadores, para tratativas políticas visando 2022, bem como em busca de soluções para a importação da Sputnik V

Para se blindar de acusações de que estaria interferindo na política externa e diante do desconforto da Embaixada Rússia, que passou a ser pressionada por interlocutores do governo Bolsonaro após a agenda ser revelada pela coluna, a reunião com Lula foi cancelada, informa Bela Megale, no Globo.

Segundo a jornalista, um diálogo de Lula em teleconferência com Kirill Dmitriev, diretor do fundo russo, no passado, abriu negociação entre a entidade e o Consórcio do Nordeste, formado por nove Estados da região, para a compra da Sputnik V.

Atualmente os Estados do Nordeste e Norte já formalizaram a compra de 37 milhões de doses do imunizante russo. A importação, porém, foi negada pela Anvisa semana passada.

Lula segue até sexta-feira em Brasília onde terá uma série de encontros com embaixadores e lideranças políticas.

Megale revela que ocorrerá um diálogo com o ex-presidente Lula e o ex-presidente daCâmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

Receba no Telegram

Comente com o Face ou utilize a outra seção abaixo. Os comentários são de responsabilidade do autor e não têm vínculo com a publicação. Mantenha um bom nível de discussão, do contrário reservamo-nos o direito de banir seus perfis.