Regina Duarte escolhe nomes ‘de esquerda’ para sua equipe, incomoda Bolsonaro e pode cair antes de assumir

11/02/2020 0 Por Redação Urbs Magna


Publicado por ET URBS MAGNA


A atriz Regina Duarte, convidada pelo presidente Jair Bolsonaro para a Secretaria Especial de Cultura, pode abandonar a Esplanada dos Ministérios antes mesmo de ser oficializada para o posto.

Publicação do blog bolsonarista Terça Livre feita nesta terça-feira (11) afirma que o “divórcio” de Duarte e Bolsonaro pode vir antes do início do “casamento”.‌

A razão principal seria a presença de Humberto Ferreira Braga nos planos da futura secretária. Inicialmente, Duarte cogitou colocar Braga de volta no comando da Funarte – entidade na qual ele presidiu durante o governo de Michel Temer. Hoje, quem preside a instituição é o olavista Dante Mantovani.

Bolsonaro, que considera Braga um esquerdista, não está de acordo com a nomeação, mas também não consegue convencer a atriz a abandonar o ex-presidente da Funarte. A nomeação dele seria uma das condições impostas pela atriz.‌

Os conflitos em torno de Braga também teriam motivado a demissão da pastora Jane SilvaReverenda Jane, como é conhecida, teria impedido a compra de uma passagem no nome do assessor.‌

Outro nome que Bolsonaro teria vetado é o de Paulo Pélico, produtor de teatro e ex-diretor da Associação de Produtores de Espetáculos Teatrais do Estado de São Paulo (Apetesp).‌

Esta imagem possuí um atributo alt vazio; O nome do arquivo é ET-URBS-MAGNA-LARANJA-um2-1024x1024.png
Telegram Receba nossas Newslleters gratuitamente. Acesse e siga NOSSO CANAL
Não tem o aplicativo? ACESSE AQUI e Saiba por que o TELEGRAM é 10 vezes melhor que o WHATSAPP
Acompanhe as publicações do ET URBS MAGNA no FACEBOOK (CURTA AQUI)




𝘊𝘰𝘮𝘦𝘯𝘵𝘦 𝘤𝘰𝘮 𝘴𝘦𝘶 𝘍𝘢𝘤𝘦𝘣𝘰𝘰𝘬 𝘰𝘶 𝘶𝘵𝘪𝘭𝘪𝘻𝘦 𝘢 𝘰𝘶𝘵𝘳𝘢 𝘴𝘦çã𝘰 𝘮𝘢𝘯𝘵𝘪𝘥𝘢 𝘢𝘣𝘢𝘪𝘹𝘰. 𝘖𝘴 𝘤𝘰𝘮𝘦𝘯𝘵á𝘳𝘪𝘰𝘴 𝘴ã𝘰 𝘥𝘦 𝘳𝘦𝘴𝘱𝘰𝘯𝘴𝘢𝘣𝘪𝘭𝘪𝘥𝘢𝘥𝘦 𝘥𝘦 𝘲𝘶𝘦𝘮 𝘰𝘴 𝘱𝘶𝘣𝘭𝘪𝘤𝘢 𝘦 𝘱𝘰𝘥𝘦𝘮 𝘯ã𝘰 𝘳𝘦𝘧𝘭𝘦𝘵𝘪𝘳 𝘢 𝘰𝘱𝘪𝘯𝘪ã𝘰 𝘥𝘰 𝘴𝘪𝘵𝘦. 𝘛𝘦𝘹𝘵𝘰𝘴 𝘷𝘶𝘭𝘨𝘢𝘳𝘦𝘴 𝘦 𝘥𝘪𝘴𝘤𝘶𝘳𝘴𝘰𝘴 𝘥𝘦 ó𝘥𝘪𝘰 𝘴ã𝘰 𝘥𝘦𝘴𝘯𝘦𝘤𝘦𝘴𝘴á𝘳𝘪𝘰𝘴 𝘱𝘢𝘳𝘢 𝘢 𝘤𝘰𝘯𝘴𝘵𝘳𝘶çã𝘰 𝘥𝘦 𝘶𝘮𝘢 𝘴𝘰𝘤𝘪𝘦𝘥𝘢𝘥𝘦 𝘤𝘪𝘷𝘪𝘭𝘪𝘻𝘢𝘥𝘢. 𝘕𝘦𝘴𝘵𝘦𝘴 𝘤𝘢𝘴𝘰𝘴, 𝘳𝘦𝘴𝘦𝘳𝘷𝘢𝘮𝘰-𝘯𝘰𝘴 𝘰 𝘥𝘪𝘳𝘦𝘪𝘵𝘰 𝘥𝘦 𝘣𝘢𝘯𝘪𝘳 𝘴𝘦𝘶𝘴 𝘱𝘦𝘳𝘧𝘪𝘴.
Anúncios