Queiroga pode ter título de vice-presidente da Academia Nacional de Medicina cassado

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, na ocasião de sua participação na Cúpula do G20, ocorrida em Roma, em 2021, no momento em que diz, em tom de ironia, ao diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom, que irá enfrentar o Tribunal Penal Internacional de Haia junto com o presidente Jair Bolsonaro | Imagem reprodução


PROGRESSISTAS POR UM BRASIL SOBERANO

Por conta de sua atuação pífia no governo, o Ministro da Saúde pode perder um título da mais importante instituição do setor

O ministro da Saúde Marcelo Queiroga, poderá ter cassado seu título de vice-presidente honorário da Academia Nacional de Medicina, que foi fundada no ano de 1829 e é a mais importante instituição do setor, portanto o bolsonarista corre o risco que perder um título importante para um médico por conta de sua pífia atuação como gestor da pasta.

De acordo com Lauro Jardim, no jornal O Globo, integrantes da entidade organizaram um movimento propondo a cassação da honraria do ministro e produziram um documento com o endosso de 51 titulares.

O presidente da ANM, Francisco Sampaio, convocou uma reunião extraordinária de diretoria para a próxima quinta-feira (27/1), mas a tendência é que o pleito seja aprovado e que seja convocada uma assembleia para a votação final.

O estatuto da Academia Nacional de Medicina concede a todos os ministros da Saúde a honraria de vice-presidentes da entidade, portanto Queiroga será o primeiro da história a ter o título cassado, uma vergonha para um médico.

A atuação do ministro em alinhamento com a ideologia negacionista do presidente Jair Bolsonaro é o grande motivo para a cassação.

Comente

1 comentário em “Queiroga pode ter título de vice-presidente da Academia Nacional de Medicina cassado”

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.