Presidente da Turquia e seu ministro da Saúde se vacinam contra covid-19 e dão exemplo

16/01/2021 0 Por Redação Urbs Magna

Em apenas 2 dias, o país já imunizou mais de 500 mil cidadãos com a CoronaVac, da Sinovac, que no Brasil é desenvolvida em parceria com o Instituto Butantan: “Esperançosamente, nosso objetivo é vacinar todos os nossos cidadãos em um tempo muito curto”, afirmou Tayyip Erdoğan

O presidente da Turquia, Tayyip Erdoğan, postou imagens suas sendo imunizado com a CoronaVac, e enviou mensagem de estímulo aos cidadãos turcos: “Esperançosamente, nosso objetivo é vacinar todos os nossos cidadãos em um tempo muito curto. Boa sorte”, escreveu o querido do presidente brasileiro Jair Bolsonaro.

“Como parte de nosso programa de vacinação de sucesso contínuo, 254 mil profissionais de saúde receberam sua primeira dose de vacinas até agora. Eu também fui vacinado ao me juntar a eles”, afirmou.

Na Turquia, a campanha de vacinação teve início na quinta-feira (14) com a imunização de trabalhadores de área da saúde. Até o meio-dia de sexta-feira (15), 523.338 pessoas já haviam sido vacinadas, incluindo Recep Tayyip Erdoğan.

O presidente turco declarou a repórteres que foi imunizado à tarde e acrescentou que em 28 dias receberá a segunda dose da vacina”.

Ao contrário do presidente brasileiro, Erdoğan fez um pedido: “todos os líderes políticos, deputados devem ser vacinados para promover a vacinação”.

O país de 84.841.912 habitantes assinou acordo com a Sinovac para obtenção de 50 milhões de doses da CoronaVac, das quais 3 milhões chegaram recentemente.

O governo turco disse que o país tem experiência na implementação em âmbito nacional de programas de vacinação:

“Nossa infraestrutura é mais do que capaz de conduzir este programa controladamente. Vamos ganhar a batalha contra a pandemia juntos”, escreveu o ministro turco da Saúde, Fahrettin Koca, em sua conta no Twitter.

Um dia antes do presidente, Koca postou imagens suas sendo imunizado e declarou: “Hoje, junto com nossos membros do Comitê Científico, nos tornamos os primeiros profissionais de saúde a serem administrados após a aprovação do uso de emergência da vacina contra o Coronavírus. O processo começou para todos os nossos profissionais de saúde. Boa sorte”:

A CoronaVac teve verificada eficácia de 91% em ensaios clínicos realizados na Turquia, enquanto o Butantan apontou um percentual bem mais baixo, de 50,38%, com 78% de redução dos casos leves e 100% dos casos graves.

Comente com o Face ou utilize a outra seção abaixo. Os comentários são de responsabilidade do autor e não têm vínculo com a publicação. Mantenha um bom nível de discussão, do contrário reservamo-nos o direito de banir seus perfis.